Da intocável elite caloteira


BPN

Escreve Nicolau Santos, no Expresso Diário de 28 de Dezembro:

Perguntam os meus colegas: «Sabe quem é Emídio Catum? É um desses empresários da construção, que estava na lista de créditos do BES com empresas que entretanto faliram. Curiosamente, Catum estava também na lista dos maiores devedores ao BPN, com empresas de construção e imobiliário que também faliram». E como atuava Catum? «O padrão é o mesmo: empresas pedem crédito, não o pagam, vão à falência, têm administradores judiciais, não pagam nem têm mais ativos para pagar, o prejuízo fica no banco, o banco é intervencionado, o prejuízo passa para o Estado». Simples, não é, caro leitor?

A pergunta que se segue é: e o tal de Catum está preso? Não, claro que não. E assim, de Catum em Catum, ficámos nós que pagamos impostos com uma enorme dívida para pagar que um dia destes vai levar o Governo a aumentar de novo os impostos ou a cortar salários ou a baixar prestações sociais. Mas se fosse só o Catum… Infelizmente, não. Até as empresas de Luís Filipe Vieira deixaram uma dívida de 17 milhões do BPN à Parvalorem, do Estado, e tinham ainda por pagar 600 milhões de crédito do BES. O ex-líder da bancada parlamentar do PSD, Duarte Lima, deixou perdas tanto no Novo Banco como no BPN. Arlindo Carvalho, ex-ministro cavaquista, também está acusado por ilícitos relacionados com crédito concedido pelo BPN para compra de terrenos. E um dos homens fortes do cavaquismo, Dias Loureiro é arguido desde 2009 por compras de empresas em Porto Rico e Marrocos, suspeita de crimes fiscais e burlas. Mas seis anos depois, o Ministério Público ainda não acusou Dias Loureiro, nem o processo foi arquivado.

Sobre Emídio Catum, o milionário que o governo PSD/CDS-PP salvou da falência, já o J Manuel Cordeiro se havia aqui debruçado. O PSD, sempre o PSD, continua a ser grande denominador comum de tudo o que é fraude bancária e derivados neste país. O que não tinha sido referido é que Emídio Catum deixou também uns calotes no BES, actualmente um banco público cujo buraco vai sendo alegremente preenchido com dinheiro dos contribuintes. No BPN, entre Pluripar, Domurbanis e Paprefu, três empresas que controlava juntamente com Fernando Fantasia –  o tal da permuta com Cavaco Silva na Aldeia do BPN, que integrou a comissão de honra da candidatura para o segundo mandato do ainda presidente da República – Catum deixou um calote de 248 milhões de euros. Quantos Catums iremos nós financiar no próximo ano?

Que 2016 seja o ano em que enchemos prisões com a tralha cavaquista da fraude bancária. São os meus votos para o novo ano!

Comments

  1. ...não acredito que... says:

    AAAAAAAAAAAAAAAHHHHHHHHHHHHHHHHH!!!!

    TIGRES !!!!!!!!!!!!!

  2. Konigvs says:

    Sempre ouvi dizer que falir uma empresa que é só, tirar o dinheiro de um bolso e passá-lo para o outro.

  3. Manuel Nobre Alves says:

    Está merda. Do Nicolau Santos não sabe que as empresas do Emídio Catum eram produtivas e empregavam centenas largas de operários com salários em dia é impostos pagos o que este merda também não sabe é que estas empresas foram vítimas do PSD/CDS que arrastaram as mesmas para a falência com a vinda da Tróia e empurrando também os donos para a falências!,,Fui um dos funcionários que foi empurrado para a reforma mas a empresa pagou a todos os funcionários o que tinham direito… Manuel Alves

    • Correia says:

      A ser verdade o que diz Nicolau Santos, era facil ao Emidio Catum pagar bem aos seus funcionários. Pois o dito dinheiro nem sequer era dele.

  4. Socialista sempre. says:

    Todos para Elvas , celas 45,46,47,48,49,etc,etc.

  5. Claro que a culpa é toda to PSD/CDS… No PS são todos Santos!
    Autoestradas, PPP’s, Freeport, etc., etc.
    Vá bugiar!!!

  6. Conceição Amaro says:

    É esse um dos meus principais desejos para 2016!
    Quando, por definição, se diz que “a Justiça é cega”, signfica que não olha a quem e Nunca que assume a postura do ” Não sabe, não ouve, não fala e não vê”!.
    Os processos referidos devem estar a aguardar o bolor da prescrição, quanto aos outros, ainda não abertos, será que se espera que caiam no esquecimento?!
    Pessoalmente, estou farta!

  7. Porra, falem dos que nos roubam, nos lançam para a miséria, nos desprezam e maltratam, nadam na corrupçao e deixem-se de subserviências partidárias nauseabundas. Enquanto os portugueses agirem desta forma, vao tendo o que merecem, porque anestesiados pelo partidarismo que conduz à ignorância.
    Direitas, esquerdas, centros, é tudo trampa do mesmo intestino.

  8. Fernandes says:

    Nao tem salvacao este Pais. O poder ta infestado de pessoas venais q protegem os amigos – o povo q pague a fatura. O q se passa no sistema bancario e uma vergonha. Um povo maiorit.te ignorante ou apolitico ‘e rebanho facil para esse bando de parasitas. Qiando vejo na tv a histeria das massas partidarias so’ me apetece gritar “tamos fdidos; nao vamos a lado nenhum…”

  9. ….Catum’s ???….e Aprígio’s dos Santos…..não contam ?

  10. …no final de 2015…..empresas e particulares, ficaram a dever ao Estado ( Finanças e Segurança Social )….6 MIL MILHÕES de euros , ‘porra’ que é muito dinheiro.
    Quem o vai repor ?…..a classe média , trabalhadores no activo , Pensionistas e Reformados.
    Assim…não é vida ,’gaita’.

  11. Curioso !!
    Esse tal Emidio Catum por acaso nao tera ligações à empresa que é dona do LX Factory, em Lisboa?
    É que essa empresa chama-se…CATUMBEL!!!

    Curioso não é ?

  12. orlando salvador says:

    Emídio Catum foi “homem de mão” do PSD e que negociou o armamento com povos africanos , depois da revolução

Trackbacks

  1. […] poderia ser dito sobre as declarações de um indivíduo com tantos amigos a exercer a mais nefasta das influências sobre o nosso país. Amigos que contribuíram activamente para a destruição da economia portuguesa, que roubaram e […]

Deixar um comentário

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s