Um dia com Avi Avital


Sarah passa um dia com o músico israelita Avi Avital e com o seu bandolim. Eles viajam através de Berlim num riquexó, fizeram um «piquenique de instrumentos de plectro» e Avi convence os amantes da música tecno que o bandolim é um instrumento realmente porreiro.

Quem quiser saltar para o lado esotérica, pode ir directamente para o ponto onde um concerto de Vivalvi é tocado num festival de música electrónica. Música barroca neste contexto? O melhor é ver e ouvir.

(Vídeo em inglês, do programa Sarah’s Music do canal alemão DW)

Comments

  1. Martinhopm says:

    Não é que não considere fascista o governo de Israel e nõ critique a população que o apoia e sustenta, mas a música está acima ou deve estar acima de todos as nossas críticas (correctas? legítimas?). Deve servir para unir os povos e ajudar a sarar todas as feridas, a que haja paz, justiça e equidade entre todos os povos. .

Deixar um comentário

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

WordPress.com Logo

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Log Out / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Log Out / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Log Out / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Log Out / Alterar )

Connecting to %s