O governo quer? Decreta, proíbe, impõe…


Sucessivos governos ficaram irritados, o actual vai um pouco mais longe, esquecendo que votar é um direito mas nunca uma obrigação. Em países desenvolvidos os cidadãos até votam durante a semana, ao passo que na choldra querem proibir jogos de futebol para obrigar o povo a ir votar. Está bom de ver que a Liberdade é algo que a corja despreza…

Comments

  1. ganda nóia says:

    tinha que ser o alucinado de serviço. em momento algum este governo decretou que o voto é obrigação. simplesmente, envia uma mensagem útil num momento em que metade das pessoas não votam.

    é triste mas é a realidade. se a abstenção não fosse ridiculamente alta, não era preciso. o governo não está a obrigar ninguém a votar. no entanto, nada se perdia se o fizesse. é que votar é um direito e pelos vistos deixou de ser visto como tal.

    o almeida preferia o tempo em que esse direito não existia. e se calhar preferia que ninguém fosse votar, ficassem todos a ver o clube da preferência, no shopping ou o ideal mesmo, presos no seu horario de 16 horas a falsos recibos verdes.

  2. ganda nóia says:

    resta acrescentar que não sendo proibido, a organização do campeonato sempre teve o bom senso de não marcar jogos para esse dia. o que oferecia a vantagem a quem gosta de futebol de não ter que escolher entre ir ver o seu clube a 500 km ou às ilhas e ir votar. mais liberdade, portanto.

    e resta acrescentar que ainda hoje não se joga em portugal no domingo de páscoa nem na sexta-feira santa. mas aí suponho que já acham bem.

    • Sabe mesmo do que está a falar? O Sporting tem um jogo a meio da semana contra o Barcelona, o F.C.Porto contra o Mónaco. Coisa fácil para ambos presume-se. Jogavam sábado? Com menos um dia de descanso? Por acaso sabe que na segunda-feira são obrigados a libertar os jogadores para as selecções? Não falo da portuguesa, falo que alguns têm viagens para México, Uruguai ou Argentina. Quer lá ver que jogavam com os juniores…
      Dei o exemplo do Sporting-Porto por ser o jogo mais mediático, porque os restantes clubes estão no mesmo barco, Benfica, Braga, etc…
      Está a imaginar a primeiro-ministro inglesa decidir algo sobre a Premier league?

      • Paulo Marques says:

        Podiam sempre ficar com o jogo em atraso, não fosse a taça lucílio a entupir o calendário. Se bem que já não merece o nome, o resto das competições já atingiram o mesmo nível de qualidade.

  3. ganda nóia says:

    o almeida preferia o governo que decretava vender ANA, EDP, CTT e REN a interesses estrangeiros. que proibia aumentos do salario minimo. que impunha cortes salariais e nas prestaçoes sociais.

    isso é que eram proibicoes, decretos e imposiçoes respeitáveis.

    • Deixe de me tentar colar a esses trastes, quem me lê sabe perfeitamente que não fui votar e não irei até que me identifique com alguma proposta política e tenha razões para crer que a mesma será levada à prática. PSD não voto desde que o cherne prometeu e não cumpriu com o choque fiscal. Basta-lhe?

  4. Obrigatório ir votar? Que tem a Feira dos 23 a ver com os fundilhos das calças?

  5. Almeidinha ! Não sejas assim tão pró legionário.... says:

    Então, porque razão não jogam os os doutores da BOLA `a sexta – feira à noite e ao sábado?
    Sugestão:
    Sexta a partir das 18:00 até às 22:30 h
    Sábado a partir das 10:00 h
    Que tal OOOOOOOOOOOo faxos da minha terra !

    • Aprenda o que são datas para competições europeias, datas FIFA e prazos de descanso obrigatório entre jogos. Depois tente mudar os calendários internacionais ou abrir excepções…

      • Sr. António, dê só um bocadinho de atenção. says:

        Mas o Sr. está convencido que eu coloco os interesses da minha autarquia (que também são os meus interesses) pelos dótores das futeboladas? Nem que votem só 10% dos portugas, eu quero
        que as futeboladas tenham muita saúde.
        Mesmo que “saiba” que lá nas autarquias … enfim!

  6. joão lopes says:

    concordo com o Almeida:é bom as pessoas irem votar no dia em que há futebol,porque sempre se podem lembrar que o benfica tem um passivo de 475 milhões de euros ,e como eles não pagam,quem paga é o contribuinte,isto é os hipoteticos votantes que ainda existirem…

  7. Almeidinha ! Não sejas assim tão pró legionário.... says:

    Prontos, Prontos !

    Vou votar no CDS… Prontos !

    • ZE LOPES says:

      Eh, pá, não faça isso! Um democrata não vacila. Bem sei que não é fácil aguentar a tortura mas, por favor, tente!

  8. Manuel Félix da Costa says:

    Quando o deficit cultural é diferente do daqueles países em que se vota até à semana, alguma coisa tem (deve) que ser feita para preservar a correspondência entre o voto individual e o resultado colectivo desse voto.

  9. antónio says:

    E que dizer dos países de extrema-esquerda onde o voto é obrigatório, com por exemplo o …. Brasil?

  10. Paulo Marques says:

    O voto à semana é só se o patrão deixar, ó António. Ver os sitemas eleitorais pela metade parece tudo melhor, mas se calhar também quer que os pobres não votem.

  11. Calos Correia says:

    E por falar em corjas…o Almeida deve pertencer à corja da bola e outras!…

  12. Felizes somos nós que temos Lideres tão bons tão bons que sabem tudo o que é bom para o rebanho.
    O voto tem mesmo de ser obrigatório. Não querem que essa decisão depende do individuo. O individuo como todo o bom esquerdista sabe não, tem capacidade para saber o que é bom para ele mesmo.
    Para que mais nobre função nasceu o Governo senão para nos proteger de nós mesmos?
    Para nos poupar a essa maçada de pensar e de tomar decisões ?
    Como diz o Povo: “meu filho, queiras ou não queiras hás-de ser bombeiro voluntário”.

    Rui SIlva

    • ZE LOPES says:

      V. Exa. está desatualizado.Hoje o Povo (a propósito: tem-no visto? Dizem que anda gordinho!) diz: “ó bacano, queiras ou não queiras hás-se ser liberal”.

      Nada de “meu(s) filho(s)”, já que não há abonos de família para ninguém. Até porque essa lamentável intromissão do Estado na natalidade estimula o “truca-truca” irresponsável, introduzindo um fator de perturbação no livre mercado da procriação,

      O que constitui mais uma lamentável tentativa de intromissão do Poder na alcova dos cidadãos (e cidadãs, aqui justifica-se a expressão esquerdalha, não vá o Povo pensar outras coisas!),o local por excelência onde se deve pensar e tomar as decisões de que o Governo nos quer poupar,

      “O individuo como todo o bom esquerdista sabe não, tem capacidade para saber o que é bom para ele mesmo”. É verdade. E a prova disso é a existência de V. Exa. Sim, porque para muito esquerdista seria bom vê-lo atirado de um 15º andar com um foguete no real fundo das costas (é necessário manter uma certa elevação nesta conversa). Infelizmente o Governo não deixa…

  13. A.Silva says:

    O grunho de serviço ao Aventar em mais um momento de grande apego à “democracia”.

Deixar um comentário

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s