Ortografia sem filtro

In Britain’s case, I’d suggest that we think of financial services as the industry in question. Such services are subject to both internal and external economies of scale, which tends to concentrate them in a handful of huge financial centers around the world, one of which is, of course, the City of London.

– Paul Krugman

When there are external economies of scale, a country that has large production in some industry will tend, other things equal, to have low costs of producing that good. This gives rise to an obvious circularity, since a country that can produce a good cheaply will also therefore tend to produce a lot of that good.

– Krugman & Obstfeld

***

Segundo o Público, o «imposto sobre o tabaco foi o ponto fraco das receitas fiscais», tendo sido a única cobrança a descer em 2017. Pelos vistos, aliás, o Governo contava com esta descida, mas de forma marginal, tendo a diferença ficado muito acima daquilo que se previra no OE, et pour cause, “oficialmente” (eis as aspas, na conhecida versão gráfica do gesto das orelhinhas de coelho).

O Governo tem vindo a contribuir, sistematicamente, desde 2012, para a acentuada descida da qualidade dos Orçamentos do Estado. Curiosamente, tal como a descida das receitas fiscais com o imposto sobre o tabaco, a descida geral na qualidade ortográfica estava prevista e deve-se também a um efeito único. Todavia, o Ministério das Finanças não previu esta descida e não sabe qual o efeito . Para prever e para saber, convém estudar. E querer saber. E o Governo está-se rigorosamente nas tintas.

Sim, nas tintas. Para isto:

 

Nótula: Devido a compromissos académicos across the pond, para falar sobre temas pouquíssimo ortográficos, altamente fonológicos e vagamente relacionados com bodes respiratórios (exactamente: respiratórios) e external economies of scale, estarei muito tempo (duas ou três semanas, uma eternidade) sem vir ao Aventar. Todavia, lembrai-vos: a ausência de notícias sobre contatos fatos no Diário da República não se deve à inexistência de contatos fatos no sítio do costume. Deve-se tão-somente a tarefas que, de vez em quando, me impedem de apresentar a fastidiosa, mas necessária, actualização do ponto da situação. O Governo, obviamente, está-se nas tintas para tudo isto. E é pena. Efectivamente, tenho pena. Até breve.

***

Comments

  1. ZE LOPES says:

    Rymas Elegyacas em Omenagem ao Achordo Ortographico (mais outra!):

    A todos os espetadores
    Que viram o dicto fato,
    Agradeço por favor
    Que me deixem um contato.

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.