Não é fofinho?

«“embora possa também ter uma sanção tipo suspensão”, admite o vice-presidente do PPE, Paulo Rangel»

Eis o grande democrata Rangel, sem tomates para apontar a porta de saída do ditador Orbán, mas de peito cheio para o regime do lado, na Venezuela.

«“Tudo o que o PPE, o Parlamento Europeu e eu próprio, enquanto dirigente da maior família política da União Europeia, puder fazer para levar novamente a democracia e a prosperidade ao povo venezuelano, farei sem hesitar um segundo”, garante Paulo Rangel, num comunicado enviado à imprensa.»

«“O nosso objetivo é também pedagógico”, frisa Nuno Melo»

Não merece respeito que a ele não se dá.

«PSD e CDS estão entre os promotores de uma iniciativa “pedagógica” para forçar o político húngaro a cumprir regras da democracia e liberdade.»

Que fofinhos.

Comments

  1. JgMenos says:

    Espera lá!
    O Orbán pôs uma assembleia constituinte por arriba da assembleia legislativa?
    Tem presos políticos a cair das janelas da polícia?
    É um grunho carnavalesco e esquerdalho?

    • j. manuel cordeiro says:

      Ah, muito bem. Estamos perante uma escala de ditadores. Ou dar-se-á o caso de as ditaduras apenas existirem à esquerda?

      https://www.theguardian.com/commentisfree/2018/dec/15/democracy-authoritarianism-media-spotlight-viktor-orban

    • ZE LOPES says:

      “O Orbán pôs uma assembleia constituinte por arriba da assembleia legislativa?”

      Não. Não precisa. Arranjou uma lei eleitoral que lhe dá 2/3 dos mandatos com uma percentagem de votos bem inferior.

      “Tem presos políticos a cair das janelas da polícia?”

      Nos regimes totalitários não há presos políticos. É tudo de delito comum. Já cá, com Salazar, era assim.Na Hungria quem auxiliar um desgraçado de um imigrante vai, só por tal para a cadeia. E, se não tiver casa, também. A imprensa da oposição é encerrada, jornalistas são multados até 700 mil euros se expressarem opiniões “contrárias às da maioria”. Universidades têm de mudar de país. Presos políticos? Para quê?

      “É um grunho carnavalesco e esquerdalho?”

      É um grunho carnavalesco, quaresmesco, pascoalesco, pentecostesco, natalesco, anonovesco e diretalho. Pode ficar V. Exa descansado. É dos seus!

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.