Curtos pensamentos avulsos (1)

As empresas para pagarem os salários, têm de cobrar os seus créditos.

Quem trabalha num tribunal, tem a garantia que o seu salário é pago no final de cada mês.

Talvez por haver esta diferença de realidades, é que há nos tribunais quem entenda que a cobrança de dívidas por banda das empresas não tem dignidade para ser tratada num tribunal, apelidando de “bagatela jurídica”.

Comments

  1. Luis Moreira says:

    Aqui a questão, é que há milhares de processos (principalmente das telecomunicações) que são iguais, e só vão a tribunal para terem uma certidão que lhes permita deduzir nos lucros. Ora, ou vão a tribunal e são tratados por atacado, um despacho “despacha” centenas de uma só vez, ou então transformam-se essas pequenas dívidas num processo administrataivo.Por exemplo, permintindo que as empresas possam, até um certo nível, considerar custo.Já foi assim durante muito tempo!

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.