Impeachment !

Os que achavam que faziam um grande favor a Sócrates abanando sistematicamente a cabeça a dizer que sim, bem se podem rever na humilhação que tudo indica o primeiro ministro vai sofrer ao ser ouvido no Parlamento. Pela primeira vez o primeiro ministro vai ter que responder no Parlamento porque mentiu, o que está mais que provado. As datas não conferem e foram trazidas a público quer pelas escutas quer pelos testemunhos dos intervenientes ouvidos no Parlamento.

O PGR tem tambem muito a explicar e começam a perceber-se as razões que o levaram a não deixar que se conhecessem os fundamentos dos seus despachos . O Presidente do Supremo já veio às televisões, atabalhoadamente, explicar que os seus despachos se referem apenas a algumas das escutas, precavendo-se para as revelações que têm sido feitas nas audições.

O Saraiva sustenta a existência de uma operação de decapitação do SOL e o Henrique Monteiro sustenta pressões ílegitimas por parte do primeiro ministro que, claro está, estão salvaguardadas por gravações que guardam para quando for preciso. A Manuela Moura Guedes apresentou uma acção crime contra o o primeiro ministro e constitui-se assistente no Face Oculta.

Estamos em Democracia e não podemos nem devemos considerar culpado quem quer que seja antes de ser julgado, mas o que todo este processo mostra é que há uma esfera política, de credibilidade e seriedade politica, a que nenhum político se exime. A credibilidade é tão importante num político como a sua capacidade de desenvolver políticas correctas e, como diz, Manuel Carrilho lá de Paris onde está com a sua Bárbara e o seu Diniz é “que quem ganha eleições tem a legitimidade para governar mas não tem legitimidade para governar mal ou eximir-se ao julgamento da população” ( está a agradecer o lugar dourado, com amigos destes…)

A uma situação aflitiva junta-se esta crise de valores que teve o seu momento alto com a cómica “performance” dos boys a sacudirem a água do capote e a refugiarem-se no segredo de Justiça.

As escutas devem ter sido feitas quando estes crâneos cheios de inteligência e experiência se passeavam entre a administração da PT e a administração do Tagus Park, o seu brilhantismo ficou bem à mostra naquela figura de boy sem vergonha que tem como objectivo fazer o “trabalhinho” ao chefe.

Vamos longe com esta gente!

Comments

  1. maria monteiro says:

    iremos longe sim senhor… chegou a hora de perder o medo

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.