999,999 e um chinês

Hoje o Aventar faz anos e, cereja (sem caroço) no topo do bolo, fez o primeiro milhão de visitas. Mérito dos leitores, claro, que cá passam.

Mas de parabéns estão também os autores do Aventar que, seguindo as melhores estratégias desportivas, conseguiram cá fazer chegar o leitor chinês. Esse mesmo que nos fez saltar do número redondo composto pelos seis noves para o clube do número um seguido de um número de zeros bem superior a número de dígitos da minha conta bancária (mas com vasto espaço de crescimento de visitas até que se chegue à ordem de grandeza de outras contas bancárias de varas e de ruipedros).

Mas essa visita do leitor chinês é muito mais do que o incremento unitário no sitemeter. É uma potenciação de visitas trazidas em charters de referenciações, lotes de quinhentos visitantes de cada vez, a deixarem notas em forma de comentários nos posts e a usarem serviços como o Twitter e o Facebook, que acabam por dar ao Aventar comissões de visitas. É todo um mundo que se abre. Hajam dígitos.

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.