O mistério das 3 PPP

Hoje, mesmo a meio de um fim de semana invulgarmente longo, soube-se que o balanço das contas do engenheiro que mais fez pelo défice voltou a agravar-se. O INE fez saber que as  contas públicas têm agora um défice de 9.1% do PIB.

A justificação é enrolada mas tem um aspecto curioso. Diz o INE que dos contratos analisados,  “três deles (dois dos quais correspondendo a contratos renegociados de ex-SCUT) não têm a natureza de contratos PPP em que o investimento realizado é registado no activo do parceiro privado.”

Duas ex-SCUT? Quais? E qual é o terceiro contrato? Procurei no INE e na comunicação social mas não encontrei resposta. Devo ser eu que sou picuínhas.

Comments


  1. Em época Pascal é sempre de bom tom haver um segredo, e se for terceiro ainda melhor já que o de Fátima foi divulgado que seja o da 3ª PPP


  2. GRANDE MENTIRA DAS BARRAGENS

    Exmo. Senhor Primeiro-Ministro:

    Para uso numa reportagem a emitir às 20H vimos pedir-lhe o sseguintes esclarecimentos:

    1 – Em que se baseia para afirmar que as novas barragens vão poupar a importação de Petróleo, se as nossas centrais termo-eléctricas utilizam gás e carvão?

    2 – Em que estudo fundamenta o cálculo de que Portugal poupará, com as novas barragens, a importação de 3,3milhões de barris de Petróleo?

    3 – Como comenta o facto de as dez novas barragens terem, em conjunto, um produtibilidade média média de 1672 GWh/ano, conforme informação retirada das propostas de adjudicação constantes do site do INAG, o que representa 3,2 por cento do consumo de energia em 2010 e 72% da variação do consumo 2010/2009?

    Com os melhores cumprimentos,

    GABINETE DO 1º MINISTRO NÃO RESPONDEU A NENHUMA DAS PERGUNTAS

    TVI 15 DE ABRIL
    veja o vídeo tvi24

    aqui:
    http://www.tvi24.iol.pt/videos/video/13416462/1

Trackbacks


  1. […] prolongado, foram abundantes notícias sobre o caso mas continuamos sem saber quais são esses três contratos (“dois dos quais correspondendo a contratos renegociados de ex-SCUT”, diz o […]

Deixar uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.