É exactamente ao contrário

Carlos Costa, governador do Banco de Portugal, afirmou ontem que “os técnicos do Banco de Portugal trabalham no Banco Central Europeu (BCE) e são altamente reconhecidos no BCE“.

Falando do BdP convém relembrar que estas instituição perdeu a maior parte das suas funções com a entrada no euro, e não emagreceu o seu quadro de pessoal, nem como é óbvio o vai fazer agora.

E quanto à afirmação de Carlos Costa, é exactamente ao contrário: serem reconhecido pelo BCE como competentes é a prova mais próxima da incompetência do BCE, à vista de todos na crise actual. A nomeação de Vítor Constâncio para vice do BCE seria uma anedota, não fosse um drama. Se os homens que deixaram chegar o BPN e o BPP onde chegaram e passaram anos a falhar previsões económicas são exemplo, só pela incompetência.

Excepto numa coisa: Constâncio era o terceiro governador de um banco central mais bem pago do mundo. Suponho que Carlos Costa não lhe fique atrás.

Comments

  1. Raul Iturra says:

    Agradeço este comentário. Aprendo o que raramente sabemos, essas conversas de corredor que apenas os que participam delas o sabem delas, podem-nos ensinar. Tenho andado con Vítor Constâncio em comitivas ministeriales e aprendi dele o que parace que o Prof. Cardoso já sabe: finanças e a fórmula do multiplicador de investimentos, descodificada pelo húngaro Lord Kaldorf: multilicador monetário e o fiscal . É com o primeiro que o povo ganha, é poupança e comprar bens que soubem de valor com a passagem do tempo, sem nunca tocar a moeda. O sefundo, ganha o fisco ou finanças, retirando dinheiro de impostosTambém podem ser calculados por multiplicadores dinâmicos, ou seja, pode-se perguntar como uma mudança de algumas variáveis exógenas no ano t afeta variáveis endógenas no ano t, no ano t + 1, no ano t +2, e assim por diante. O gráfico que mostra o impacto em algumas variáveis endógenas ao longo do tempo, é a chamada função impulso-resposta. O método geral para calcular as funções impulso-resposta às vezes é chamado de dinâmica comparativa. Fonte, os meus estudos com Kaldore Modern macroeconomics: its origins, development and current state. [S.l.]: Edward Elgar, 2005 Agradeço tem-me feito lembrar saberes antigos. É a fórmula da troica…que Vítor Constanço lhes lembrara. Eis porque são bem cotados, especialmente pelo governo:ganham dinheiro com eles ao nosso custo.
    O método geral para calcular os multiplicadores de longo prazo é chamado de estática comparativa

    .

Deixar uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.