Baixa-Chiado quê?

O presidente do Metropolitano de Lisboa está contentíssimo com uma cambalhota toponímica parola e patega. Alguém se lembrou de rebaptizar a estação Baixa-Chiado e chamar-lhe PT Bluestation a troco, está bem de ver, de uns euritos. E como, hoje, onde há euros há tudo, nada mais importa.

Há milhões a ganhar na cidade de Lisboa, mesmo para lá do metro. A CML pode até rebaptizar lugares e monumentos. O Marquês de Pombal, por exemplo, pode passar a chamar-se Marquês de Borba Reserva Tinto, o Jardim Zoológico ganharia o nome de Twiskas World, o Campo das Cebolas podia, sem prejuízo algum, chamar-se Caldos Knorr, a Praça Camões passaria a MultiOpticas Serviços Opticos, o Jardim da Estrela soaria bem como Starbucks Coffee Company Garden, a Sé de Lisboa seria conhecida como Espírito Santo Ventures-SCR e a Mouraria tornar-se-ia Fly Emirates.

Isto seria apenas o princípio, depois viriam as ruas e avenidas: a Rua Duque de Palmela chamar-se-ia AutoEuropa Street, a Rua do Século promover-se-ia a Millenium BCP Street e até o Beco do Jasmim cheiraria melhor chamando-se Chanel Parfums & Fragrances.

É fácil, afinal, ser moderno e cosmopolita. Difícil, difícil, vai ser escolher o novo nome a dar à cidade de Lisboa. Alguém tem ideias?

Comments


  1. Que tal Lisbon TagusPark & Vodka Weekends Vodafone?

  2. Ricardo says:

    Compreendo a ironia claro. Mas apelo a todos que continuemos a chamar às estações pelos seus nomes. Será sempre a estação da Baixa-Chiado. Esta gente é doida…

  3. mariazeca says:

    Podemos chamar ao palácio das laranjeiras antro das laranjadas? Marca à escolha…


  4. Podíamos, tambem, rebaptizar a cara do senhor presidente do metropolitano e dos seus assessores e tecnocratas todos com um nome bonito.

  5. Manuel Correia says:

    Perante a situação ridícula a que senhores como estes plantaram o país, não terão eles mais nada de jeito para fazer do que inventarem estas absurdas idiotices? Que raio! Ou querem comer-nos por estúpidos, ou estão eles a demonstrar a sua estupidez nata. Não me conformo com estas incongruências…


  6. O assalto final… liberal…

  7. Matilde says:

    Mosteiro Jerónimo de Sousa!

  8. joão miranda says:

    se calhar é preferivel mudar o nome às estações de metro todas, do que ter aumento o preço aos utilizadores. num país onde os transportes públicos estão falidos e as pessoas não ganham o suficiente para os pagar não acho assim tão descabido.

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.