As três perguntas que Marcelo Rebelo de Sousa recusa responder

São das perguntas mais solicitadas nas ultimas semanas na divulgação da tvi 24 horas “faça uma pergunta a Marcelo…” têm sido sistematicamente ignoradas pelo mesmo no seu tempo de antena disponibilizado pela tvi ao domingo e que ainda lhe paga principescamente para não ser mais do que um comentado parcial, tendencioso, não isento sempre em total apoio a todas as iniciativas do PSD e porta voz das campanhas do presidente da republica e do governo durante as eleições na TVI. São estas as 3 perguntas:

1ª pergunta:
Diga  em directo aos portugueses na TVI ao domingo quanto ganha por mês e por ano e depois de o fazer, diga que moral tem para apoiar esta politica desastrosa deste governo que vai levar os portugueses à miséria, massacrando os portugueses nos seus discursos para que nos resignemos e aceitemos ser pobres

2ª pergunta:
Seria capaz de doar a sua fortuna, por exemplo a um dos seus colegas e/ou amigos do PSD que ainda não esteja milionário e viveria e sustentaria a sua família com mil euros por mes e desta forma continuaria a apoiar esta politica do governo PSD?

3ª pergunta:
Considera ser eticamente correcto e honesto dispor de um tempo de antena na TVI (órgão de comunicação pressupostamente isento…) E ainda ser pago principescamente para fazer campanha total e permanente pelo seu partido PSD???? Um comentador deve ser isento e imparcial e o senhor não cumpre nenhum destes dois princípios básicos.

Francisco Gomes

Comments

  1. eurocético says:

    Boa malha.
    É certo que vamos ficar sem saber o que o “senhor” responderia porque ele, apesar de toda a “lábia”, nunca vai responder com sinceridade, transparência e verdade.
    Mas seria bom a malta saber como é que ele pensa que se desenrascaria com 1.000€ por mês, a viver num bairro periférico, problemático ou não. Seria só um ano para ele aprender a falar de outra forma, com mais sentido daquilo que diz, para apreciar realmente a forma como os seus concidadãos conseguem viver e andarem, mesmo assim, de cara levantada.
    Então, não quererá experimentar? Essa experiência de um ano enriqueceria verdadeiramente o seu curruculum que muito preza. Vá. Experimente.


    • Ou então que se proponha ao senhor que sabe de tudo e fala de tudo, que faça, como fizeram, em Londres há pouco tempo (dois programas exibidos na nossa TV), convidados pela BBC, quatro milionários de Londres (3 homens e uma mulher), para fazer 3 dias vida de homeless, sem terem nem sequer telemóvel nem roupa, excepto a que lhe deram além de um cobertor, sem poderem contactar ninguém em caso de desespero, passando por dormir na rua, pedir, mas no último dia puderam finalmente dormir numa cama e abrigar-se em albergue e também comer sopa quente pois que durante o tempo de experiância comiam o que conseguiam comprar com as esmolas recebidas pelos que passavam mas sem os olhar, ou olhar com ar de enfado, e atirando uma moeda para o chão como quem atira um osso a um cão – eram seguidos sem saberem como nem onde, por 2 responsáveis do programa. Foi muito interessante o que viveram e as conclusões a que chegaram ao fazer, mesmo que apenas 4 dias, a vida de milhares de homeless que nem nunca viram na cidade de Londres – há portugueses, incluindo da área do poder, que deveriam pelo menos, aprender a “olhar” – mas andam de topo de gama de vidros fumados de negro que custam 86 mil euros e são pagos pelos que menos têm, a caçar votos pelo país, e não só. Curiosamente esta semana foi “condenado” o chauffeur de um desses topos de gama que se estampou na avª da Liberdade ao passar um sinal vermelho, que transportava govenamentáveis, que se calhar nem sabiam que há velocidade limitada dentro a cidade. E quem serão os que nas IP conduzem a 250 Km/h – serão só os meninos drogados ou também os que fazem as leis para os outros ?? não sei – mas matam quem cumpre


  2. MARCELO, O TEÓRICO, POR QUE NÃO PRAGMATIZA O QUE TEORIZA???!!!

  3. FRANCIS says:

    E o que mais incomoda é aquela voz de falsete, de quem não sabe o que diz, discurso feitos e baratos que espremidos nada dão e parece que não acredita em nada do que diz e que parece que está a falar para meninos e para ignorantes (que é assim que os politicos visualizam o povo portugues, por isso fazem o que fazem)


    • Voz agora algo mudada e com constante pigarro (precisava de ter algo onde cuspir), a uma tal velocidade que eu nem consigo reter nada do que diz, mas de facto nem sequer interessa, senão pelo espectáculo, para não esquecer onde vivo e ever o compotamento de quem até foi, presidente do partido actualmente do governo e que não deixou a melhor das imagens já lá tão longe no tempo – falar como quem cospe

  4. xokapic says:

    cambada de canhotos!
    1. Não gosto nem aprecio o martelo.
    2. Que ele arriscou a vida ao tomar banho no Tejo é verdade…..e.coli !?
    3. Que uma televisão privada e comentador de TV não tem de ser isentos: verdade!
    4. Quem não gosta que não ouça!

    • MAGRIÇO says:

      Se não gosta, não se percebe a sua truculência! Todos temos o direito de manifestar a nossa opinião e quem comenta num canal aberto a todos sujeita-se a ser contestado. Mesmo que isso vá contra a sua tendência ideológica.

  5. A. Pedro says:

    Que raio de perguntas!
    Acho que o país não avança enquanto o homem não responder, a própria europa é capaz de cair.

    Haja pachorra.

  6. jorge fliscorno says:

    Não é que aprecie as missas do martelo mas quem comenta nunca é isento. É por isso que é comentário. Vê quem quer, que melhor se pode pedir?

  7. Tiro ao Alvo says:

    Parece impossível haver quem gaste tempo a fazer perguntas tolas, e a idealizar uma campanha para ver se arrebanha outros tontos.
    Quem tem dúvidas que o Marcelo ganha bem? Muito bem? Ninguém, isso é do conhecimento geral.
    Quem tem dúvidas de que se trata do comentador político mais escutado? Quase toda a gente, porque só alguns invejosos é que podem ter dúvidas.
    Quem não gosta do Marcelo? Muitos, acredito. Mas por que é que não mudam de canal? E eu, a esta última questão, respondo: não é por que serem masoquistas, não, é pura e simplesmente por que serem invejosos. Mais nada!

    • clara says:

      penso, sinceramente, que aqui, ninguém tem inveja de ninguém.
      Agora que o Marcelo Ribeiro de Sousa se faz de independente quando não o é, faz.
      Que vem fazer discursos muito democráticos, querendo fazer-se passar por uma pessoa acima dos partidos, é verdade!
      que ele é um demagogo incontornável, é.
      Inteligente, arguto, culto… isso é.
      agora, demagogo, falso… contraditório, bué!!!

      • Tiro ao Alvo says:

        “Aqui ninguém inveja de ninguém”, diz a Clara. Aqui, onde? Entre os comentadores? Na sua casa? Eu estava a falar para o autor do Post, mas enfia a carapuça quem quer.
        Por que será que apareceu aqui tanta gente a falar do homem? Por que o ouvem, essa é que é essa.
        Então, por que não reconhecer que se trata do comentador político mais ouvido em Portugal? E que, também por isso, ganha bem, muito bem?
        Releia as perguntas do autor do post e veja o que é que ele, de facto, pretende? Nada! Apenas mostrar a sua inveja, quer pelo dinheiro que o Marcelo ganha, quer pelo estatuto que alcançou à custa da sua grande capacidade intelectual e, sobretudo, à custa de muito trabalho. E para se chegar a esta conclusão, não necessários ser de esquerda, nem de direita, basta ser honesto e justo.

        • FRANCIS says:

          Oh “tiro ao alvo” fala de quem sabes e de quem conheces e seria bem honesto que desses a cara , o teu nome verdadeiro, em vez de te esconderes atras de nomes ficticios.
          A inteligencia e a capacidade intelectual usam-se com hoenstidade e imparcialidade e nao para servir partidos e fazer de conta que se é imparcial
          Eu nao quero nada apenas honestidade na tv e nas pessoas. inveja de que e de quem? sou médico (que tirando os politicos é a unica profissao no pais que AINDA tem emprego no pais). quem te disse que ele ganha mais do que eu? E nao exploro nem roubo ninguem. trabalho 14 a 16 horas por dia percebes???? por isso nao fales do que nao sabes.
          Agora apesar do estatuto, da capacidade intelectual e de todas as coisas que ves no marcelo que as usas muito mal, eu vivo e sofro com quem esta a ser vitima da governação e com estes politicos milionarios que enriquecem com o dinheiro dos contribuintes e discursam a favor da pobreza dos cidadaos mas nada fazem contra as suas regalias, por isso teu tiro saiu ao lado, vai acertar a pontaria e solidariza-te com quem precisa e nao com quem explora e goza com a cara dos cidadãos. E da a cara que é muito bonito !!!

          • Tiro ao Alvo says:

            Francis, serás tu o autor do Post? Pela tua reacção, talvez… Acreditando que sim, vou tentar responder a este teu comentário.
            Veio o Francis dizer que é médico, admitindo que talvez ganhe mais dinheiro que o Marcelo.
            Eu não tenho relação com o professor, mas sei que, quando ele foi presidente do PSD, renunciou a dar pareceres e de exercer outras actividades remuneradas e que, com essa atitude, perdeu, na altura, cerca de 10.000 contos por mês. Isso foi do conhecimento público e foi várias vezes noticiado na comunicação social. E que sobre esses rendimentos pagava os competentes impostos.
            Sendo médico, também acredito que consigas auferir rendimentos desta natureza – alguns médicos são autênticos mercenários. Ora, se os rendimentos auferidos pelo Marcelo, se poderão considerar exagerados, os que recebes como médico, àquele nível, podem ser considerados uma vergonha, por esta simples razão: os “clientes” do Marcelo procuram-no, por sua iniciativa, para defenderem os seus interesses que, com certeza, cobrem os custos; os teus “clientes” procuram-te, como médico, por que estão doentes e tu aproveita-se dessa infelicidade para os explorar, uma vez que nunca poderás atingir valores daquela grandeza sem proceder dessa forma.
            Quanto ao resto, os teus argumentos são tão elementares que não me merecem quaisquer considerações.


  8. Considero essencial a todos os níveis a necessidade da liberdade de expressão e de opinião, mas tenho que comentar o item 3:

    “Considera ser eticamente correcto e honesto dispor de um tempo de antena na TVI (órgão de comunicação pressupostamente isento…) E ainda ser pago principescamente para fazer campanha total e permanente pelo seu partido PSD???? Um comentador deve ser isento e imparcial e o senhor não cumpre nenhum destes dois princípios básicos.”

    Francisco, sendo a TVI um canal privado de televisão, é do conhecimento da estação o tipo de funcionários e convidados que pertencem à casa. Sabe a TVI que as opiniões de Marcelo Rebelo de Sousa são profundamente partidárias – e ele mesmo o admite. Não obstante, pretende o canal manter este espaço.

    Sinceramente, tenho tanto contra este tipo de informação como tenho contra a casa dos segredos: se fosse num canal público do estado, sentir-me-ia indignado.

  9. Daniela Major says:

    Acho sempre imensa piada quando se critica o Marcelo. A verdade é que há anos que toda a gente o vê: quem gosta, quem não gosta. Ele é bem pago porque é visto. E pode ser ridículo e descabido e partidário (digam-me um comentador imparcial) mas a verdade mantêm-se: todos o vêm, inclusive o autor do post que até perguntas, aparentemente, lhe enviou.
    Aliás, até há relativamente pouco tempo (hoje em dia não estou informada sobre isso) os telejornais de Domingo eram os mais vistos e superavam outros programas de outros canais ditos líderes de audiências. Por outro lado, a TVI é um canal privado. Se quiser ter o Marcelo ou uma menina a fazer striptease em directo, é lá com eles. Este tipo de críticas só faziam sentido quando Marcelo estava na RTP que era um canal público.


  10. O Hugo e o Marcelo tiveram conversas em família: monólogos em que exprimiam a sua opinião.
    Concordo: não! Porquê ? Pois não havia alternativa. O nosso Martelo tem as suas conversas numa televisão não paga por mim, a dizer as balelas que lhe aprouver ? Concordo, pois sim. Sempre posso mudar para o canal da vizinha.

  11. FRANCIS says:

    Apenas lembro qu isto é um blogue de opinião em qeu aqui se expressou o pedido de esclarecimentos a Marcelo sem ofender, difamar quem quer que seja. as pessoas são livres de concordarem ou discordarem na boa mas não de ofenderem nem falarem da vida alheia ou de pessoas que não conhceem de lado nenhum e curiosamente a maioria das que o fazem escondem-se atras da sua identidade e nem assumem o que fazem. a isso se chama cobardia. não vou estabelecer mais dialogos com desconhecidos que não se identificam mas tenho todo o gosto em discutir de forma saudavel com quem dá a cara. se chama as pessoas de tolas, invejosas sem as conhecer e quando se pergunta inveja aonde e porque? ja passa a ser mercenario. Para mim mercenario é que defende os mercenarios. Sinto-me um privilegiado com a profissão que tenho porque me da estabilidade e garantia de trabalho ao contrario da maioria das profissões. vivo para as pessoas e tenho ajudado quem precisa, quem tem pouco e quem nada tem. Agora nunca vi nenhum mercenario ou politico rico a defender os pobres e sobretudo agora quem esta e continua a ser vitima de governantes sem escrupulos e que estão a levar o povo portugues a pobreza, enquanto eles enriquecem, gerem danosamente e impunemenete os dinheiros publicos e se tornam milionarios à custa da desgraça dos outros e são esse que vê para a televisão dizer que os portugueses tem que fazer sacrificios e aceitar ser pobres. Não entendo porque havendo pessoas que sendo vitimas deste sistema porque somos todos neste momento vêm reclamar como se alguem estivesse a falar delas.
    Critique civilizadamente e respeite para ser respeitado !!!!

  12. FRANCIS says:

    A casa dos segredos tem uma audiencia imensa maior que a do Marcelo e isso significa que é um espetaculo de qualidade, de grande capacidade e inteligencia?


    • Significa que alguém quer ver. E não é por não existir alternativa. É um facto e não pode ser escamoteado. O mundo simplesmente É!

      • Tiro ao Alvo says:

        Amigo, o Francis não merece que lhe dêem ouvidos. Ele diz que é médico, mas, pela maneira como escreve, custa a acreditar. Só se for médico brasileiro, incapaz de escrever em português escorreito, preferindo, antes, escrever como fala e que julga estar em consonância com o novo acordo ortográfico. Mas que tem uma linguagem pobre, tem, a denunciar outras fraquezas.
        Todavia, há uma coisa que ele diz e que eu estou inteiramente de acordo: “respeite para ser respeitado”. Mas isso ele pensa que só se aplica aos outros…

  13. Etelvina says:

    Estes políticos procuram transmitir uma imagem de boas pessoas e de pessoas que mt se preocupam com o estado da Nação mas na realidade são falsos como Judas traiçoeiros nas suas atitudes que de certa forma são expostos como pessoas que até ao Diabo metem nojo.
    Neste momento os políticos ao redor do mundo precisavam todos de ser eliminados

  14. Etelvina says:

    Este jago é nogento, só com um pau de marmeleiro e partir-lhe os cornos

  15. Joao says:

    O que se ganha nas tvs privadas , não me diz nada , mas o que se estraga no “canal” público isso é um roubo diário de mais de um milhão, já não vos interessa ?
    Pois eu tenho o direito de ser informado quanto é que o “director de programas ” da rtp 1 recebeu do partido mariquinhas socialista , para trazer um dos 4 cavaleiros do apocalipse a este desgraçado País

  16. António J Costa says:

    É pá vai mas é tomar sais de frutos para a azia. E já agora deixa lá essa invejazinha, bem tuga, de lado, que nao vais a lado nenhum.

  17. carla says:

    Boa tarde

    Ele não pode responder às questões nem nunca poderá fazer o que quer que seja pelo país, porque por de trás dos Bastidores está uma organização mundial que controla todos os partidos e meios de comunicação social, os chamados “Iluminati” informem-se sobre este assunto, “Nova ordem mundial” e aí vão ter as respostas para as vossas perguntas.

    • Joao Agueda says:

      É frustrante, de facto não termos os nomes afixados um por um ,de todos aqueles que assinaram os benditos Swaps . Isso não te preocupa ? Não achas que é mais uma manobra das forças , ps, ocultas do socras , que manipulam a informática e toda a comunicação social ?. Aliás penso que é por isso mesmo que querem que o Povo Português continue a pagar 1 milhão de euros por dia , para terem lá encaixados , os pedófilos e amigos de pedófilos e os amigalhaços , filhos , netos , enteados, para garantirem o “bom serviço público”.
      Lê o livro Contos Proibidos , de Rui Mateus , é capoaz de te abrir os olhos , ou não , porque já deves estar enquitada há muito tempo

  18. José Falcão says:

    O meru comentário:
    1 – Não tenho interesse em saber quanto ele ganha, muito principalmente porque eu não vou viver com o dinheiro dele;
    2 – Se me oferecessem um ordenado chorudo eu também aceitaria. Quem o não faria?
    3 – Acho que é muito mais isento do que outros comentadores que também tiveram “tempo de antena” e que pertenciam ao PS.

  19. Manél Monteiro says:

    Porque é que nunca vi ou ouvi um qualquer Psicólogo, analisar e comentar os comportamentos psiquicos do Pro. Marcelo quando comenta na TVI perante a ‘já combinada’ Judite de Sousa ?
    ……é que o Prof. Marcelo por vezes MENTE descaradamente….e nota-se nas consequencias de garganta e voz.
    Qualquer Médico de Psicologia Clinica…..repara, que quando Marcelo ‘gagueja’,as cordas vocais alteram-se, aquele ‘pigarro’ na garganta….e os ‘tiques’ de levar muitas vezes a mão ao pescoço , colarinho e gravata….TUDO ISTO são sintomas de quando sente que está a mentir, e a sentir ‘dificuldades’ em retorquir certas situações.

  20. José Bastos says:

    Caro Francisco Gomes: para lhe ser franco não sou capaz de escrever melhor e, por isso, está de parabéns. Esqueça os resquícios da direita radical que não aceta o sistema democrático. Veja-se por exemplo as Inconstitucionalidades que os ditos direitistas pretenderam aplicar em Portugal com os orçamentos apresentados durante 4 anos !!!!!!!!!

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.