Ignorância e sabedoria

“Ninguém é tão ignorante que não tenha algo a ensinar. Ninguém é tão sábio que não tenha

algo a aprender” Blaise Pascal (1623-1662), filósofo e matemático francês

 

 

Comments

  1. maria celeste ramos says:

    Mas será que passos e cavaco terão o que quer que seja para ensinar a alguém ?? a não ser que tenha de ser aceite sem revolta o que é dito por imagens no pos do aventar dos meninos a pintarem parêdes no meio do entulho do bairro esventrado – viver ou sobreviver a até quando e como ? Estes governantes não esventram bairros – esventram vidas e eles sim perderam todos os direitos até de existir até porque para existirem eles tiraram a vida e o viver a tantos – ensinaram sim como se mata a vida e alegria e mesmo aos que não aguentando mais acabam com a própria vida que se tornou insustentável e intolerável e sem “nem amor nem casa” para estarem sós se a vida lhes deu mesmo o que não esperam e aconteceu – estar só, como se diz neste aventar de hoje de os jovens que querem estar sós – até quando ??? jovem e só não é nada de anormal porque se calhar aprendem o alor da companhia mas como é a dos que “foram deixados só pela própria vida” – não vale a penas psicologar tanto por quem nunca acabou a vida “só” e solitário- parecem psicólogos de meia tijela – há muitos psicólogos neste país com saberes inúteis

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.