Outro fato para o facto

De facto, de fato é outra coisa. O chamado acordo ortográfico é a caixa de Pandora da ortografia portuguesa.

Comments

  1. artur almeida says:

    Uma ajuda por favor – Vós que sois professores digam-me:
    Antes do Acordo Havia o EGIPTO e os Egipcios. Agora Há Egito e haverá Egitios???

    • Maquiavel says:

      Pois isso mesmo.
      Os “doutores” que impuseram o desAO90 dizem que näo há problema nenhum que do “Egito” saiam “egípcios”. E se algum petiz perguntar de onde aparece o “p” dir-lhe-äo “o Malaca Casteleiro que te explique, querido”.
      Se o desAO90 tivesse alguma lógica interna diria “Egito”->”egício”. Mas se há cousa que o desAO90 näo tem é lógica, nem interna, nem externa!

      • artur almeida says:

        Obrigadio pela compreensão. Eu vou contnuar a escrever Egipto e a dizer Egipcios. O professor não há-de ralhar

  2. maria celeste d'oliveira ramos says:

    a subserviência portuguesa é tão velha mas agora mais pecaminosa e então ao ser LULA do mensalão que anda pelas salas de tribunal


  3. Será que há alguém que ainda não saiba que “facto”, de acontecimento, vai continuar a ser escrito como era? Quanto aos egípcios, não vejo porque haveríamos de dizer egípcios e escrever egícios…

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.