Greve da CP

“Até às 8h circularam apenas dois comboios. Num dia normal, teriam circulado 431. Estes dois comboios não pertencem à lista de serviços mínimos. Dessa lista de serviços mínimos teríamos 28, não circulou nenhum”, disse à agência Lusa Ana Portela, porta-voz da CP.
Acho que eu é que tenho razão, e outros há que também deveriam fazer greve.

Comments

  1. Maquiavel says:

    Proponho-lhe que crie o Sindicato do Pessoal dos Recursos Humanos das Empresas com Trabalhadores em Greve, defenda os direitos dos seus associados, e depois convoque essas tais greves que tanto alarda.
    Ou você é só garganta?

  2. Maquiavel says:

    Desde o início de 1990, nos mais de 1.000km de linhas que o Cavaco fechou também não circulam comboios.
    Desde o início de 2012, nos mais de 300km de linhas que o Passos fechou também näo circulam comboios.

    O JM só se preocupa com a ferrovia se houver uma greve de quem lá efectivamente trabalha pelo meio.

    • rui lima says:

      a Cp está falida e vcs vão ser todos despedidos !

    • rui lima says:

      e as pessoas que querem viajar ? vcs vivem á custa da desgraça alheia.comigo era olho da rua.
      Andamos nós a trabalhar para sustentar esta corja.Rua !

  3. maria celeste d'oliveira ramos says:

    Fazer greve só porque lhes apetece é um acto de inteligência – que se iguala à deste governo

  4. rui lima says:

    eles nem o horario cumprem,é identifica-los e despedi-los.quem não cumpre os serviços minimos pode e deve ser despedido com justa causa.
    é preciso acabar com esta rebaldaria,se não querem trabalhar deem o lugar a outros.


    • 😆 😆 Outro dia passei por vários Centros de Emprego e as filas de candidatos para Estivadores e Maquinistas da CP eram de tal ordem gigantescas que desisti…
      Uma curiosidade: Nas filas estavam (mal disfarçados) alguns Deputados e Secretários de Estado!


  5. Uma coisa já sabemos… José Magalhães é completamente a favor da inexistência das greves… Provavelmente será por falta de capacidade de lutar, e então, quando vê outros a fazê-lo fica com a natural inveja… Poderá ser que seja apenas por “umbiguedalite aguda”… E que estas greves, ou quem sabe todas, o afectam sobremaneira!

    Uma coisa eu gostava de ver, e como ele continua a teclar nas mesmas teclas, eu faço o mesmo

    “Espero que o “Pessoal dos Recursos Humanos da Empresa” onde trabalha o autor desta entrada (caso trabalhe) também façam greve para ver se a falta de salário provoca a incapacidade de pagar o serviço de Internet e assim, como que por simpatia, não tem hipótese de escrever estes coisas sem grande nexo!”

    Concluindo: José Magalhães é a favor da ESCRAVATURA MODERNA.
    Ele é que tem razão!
    Be 😎


  6. De resto há por aqui algumas óptimas sugestões: Acabar com tudo o que é ESTADO… Apenas deve existir a Secretaria Geral de onde saem as Regras Gerais do Comércio Privado, e que será financiado com um único imposto estatal de 1% sobre as remunerações de todos… Tudo o resto será PRIVADO… Desde a tropa, à polícia, passando na educação e na saúde, com intervalo na justiça… enfim TUDO PRIVADO…
    Assim deixarão de existir impostos e taxas e populaça a fazer greves e manifestações e todas essas tretas…
    Quem tiver DINHEIRO tem e vive bem, quem não TIVER, azar…
    Isto sim é que era um País bom para se viver…
    😉

  7. Pedro Marques says:

    Morre Cabrão!

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.