O cancro da Justiça nasce no Parlamento

Os verdadeiros culpados pelas contradições, buracos, alçapões e discricionariedades na interpretação das leis penais e do processo penal são os políticos que dirigem e dirigiram Portugal. 

Pode não ser a reivindicação certa…

e não é. Mas parece que é o protesto possível: a Petição pelo afastamento do Juiz Ivo Rosa de Toda a Magistratura.

E como protesto colectivo, neste momento, para que seja ouvido, vale quase tudo.

Uma escuta aqui, uma escuta ali

Confirma-se, eram apenas escutas.

TCIC 122 – Decisão Instrutória :: Ivo Rosa

Pode ler aqui as mais de 6000 páginas que fundamentam a decisão do Juiz Ivo Rosa:

TCIC 122 Decisão instrutória

Paga a conta, Amazónia

Mais de seis mil páginas e papel desperdiçado.

Não teria sido mais fácil usar só uma e escrever:

“O Ministério Público é incompetente, os poderosos são sempre ilibados e o juiz Ivo Rosa é um choninhas”.

Entreguem a conta à Amazónia.

Thank you, next

Quando finalizar o número “Victor Hugo Cardinali” da Operação Marquês, esperemos que se abra a “Operação Múmia”.

É que nisto das amizades, os amigos de Ricardo Salgado levam vantagem. Até Cavaco Silva.

O final é o mesmo?

Isto é como diz a velha História: São 11 contra 11 e no final o Sócrates sai ilibado.

Justiça pelas próprias mãos?

Há uns dias, ouvíamos um juíz a desafiar um gajo para a porrada. Agora, ouvimos um juíz a dar porrada a um povo inteiro.

Prognósticos?

A culpa ainda vai ser do Passos.

Duque de Edimburgo

Faleceu o Duque de Edimburgo, o marido de Isabel II. Com 99 anos.

Ovos d’Ouro

«Doidas, doidas, doidas
Andam as galinhas
Para pôr o ovo lá no buraquinho

Raspam, raspam, raspam
Para alisar a terra
Bicam, bicam, bicam
Para fazer o ninho»

Suzana Garcia não exclui acordo com o Chega (a primeira entrevista da candidata do PSD à Amadora)

 

 

Enquanto não derem cabo de tudo, não estão contentes

Em defesa da Tapada das Necessidades”

All a bunch of socialists

Até o Chega.

Adventista capitalista: um sonho molhado

«Money, money, money
Must be funny
In the rich man’s world
Money, money, money
Always sunny
In the rich man’s world
All the things I could do
If I had a little money
It’s a rich man’s world
It’s a rich man’s world»
Um sonho molhado.

Os maus banqueiros na Islândia

A prisão onde estão os maus banqueiros islandeses. Por cá, o problema está nos apoios sociais.

TCE: Um erro histórico nascido em Lisboa

O Tratado da Carta da Energia coloca algemas às medidas de acção climática:

mesmo que um Estado abandone o tratado, a ele continua submetido durante mais 20 anos, devido à chamada cláusula de caducidade, também conhecida por “cláusula zombie”.

 

Aretha Franklin

Se eu fosse o árbitro do Luxemburgo-Portugal

Ontem, Cristiano Ronaldo falhou um golo só com o guarda-redes pela frente. Eu, se fosse o árbitro, saía do campo e atirava com o apito.

CR7 em nova modalidade olímpica

Lançamento da braçadeira.

12 anos de AVENTAR – força vozes livres

As redes de políticos, jornalistas e comentadores apoucam amiúde as redes sociais em todos os espaços mediáticos que lhes pagam ou fazem vénia.
O Aventar está há 12 anos a ouvi-los e a ver os resultados das suas notáveis acções.
Força vozes livres!

O pequeno-almoço dos comunistas

Se forem carnívoros, comem criancinhas. Se forem veganos, comem bonsais.

O homem do jogo

Para o jornal Record, foi a futebolista Ana Borges…

Pizza diavola e telemóvel com cravos reflectidos

Talibans


Em nome do combate à pandemia, já se multa pelo consumo de gomas em Portugal…

Podemos ficar tranquilos

Se fossem perigosos cidadãos violando as regras do confinamento, não teriam escapado às autoridades…

«São coisas do mundo / Retalhos da vida»

«Depois da expulsão foi outro jogo» Carlos Carvalhal. «After the murder of Polonius we certainly feel that both the King and the Queen are sane and doing their level best to restrain the activities of a madman» G. Wilson Knight. Exactamente. Siga.

Formação, o ADN do SCP…

Os que tentam perturbar o SCP com processos a J. Palhinha ou Ruben Amorim, tentem agora “exploração do trabalho infantil”, porque ontem, D. Essugo, estreou aos 16 anos e 10 dias…

Frase brilhante

Há qualquer coisa de frustrante quando vemos Portugal discutir ainda onde pôr um novo aeroporto, quando o resto do mundo anda literalmente a discutir como apanhar o comboio do futuro. Rui Tavares

Black lives don’t matter anymore?

A propósito do silêncio na sociedade portuguesa, sobre o assassinato de mulheres e crianças em Moçambique.

Como transformar…

uma promessa do Governo, num negócio de privados a expensas do cidadão.