“Floresta”

floresta_eucaliptos

Jovens políticos

Com velhas formas de fazer política, o PS fede

Andou bem, o PS

O assédio moral é um crime. Cometido por um “socialista” é agravado.

A malta do gasol

Uns, finos, enchem o depósito na bomba secreta. Outros, mais justos, metem só até meio. Pensam no próximo, no que também precisa. É claro que vão ficar na estrada, mas é a vida.

Populismo

E falta de sentido de Estado, posar para selfie num velório. Seguramente não voto neste político.

Como escreve João Barroca,

«322 semanas é um pouco mais que os 30 minutos de que falava o ex-presidente da APP…». Efectivamente. Exactamente.

Ensaio sobre a perturbação do sono
ou indagação sobre as origens do meu respeito pelo sono alheio

Rui Ângelo Araújo

Bill Brandt, «Dreamer», c.1939

O problema de se ir para a cama cedo, no local onde vivo, é termos frequentemente o sono interrompido, já que a partir das duas da manhã, com uma pontualidade desesperante, se instala um pandemónio na rua, em ondas, à medida que sucessivas hordas de estudantes universitários e outros teenagers se deslocam dos bares do lado nascente do bairro, que fecham àquela hora, para outros bares a poente, que encerram mais tarde.

A turba tem de madrugada um comportamento que suplanta em inútil tontaria e decibéis o que demonstra durante as horas do dia. Não me refiro aos hinos patetas que utilizam nas praxes e que àquela hora tantas vezes repetem com vigor, associados a cânticos hooligans, mas a todo um outro repertório movido a álcool e estimulado pela intuição, certeira, de que a noite é deles e delas. Brados, guinchos, berros histéricos, urros cavernosos, por vezes lançados a solo, por vezes a várias vozes esganiçadas e desafinadas, como coros de um dos círculos do Inferno, decerto o dos néscios, ou como uma não metafórica teatralização sonora e gestual de selva urbana enquanto réplica da selva tropical, com a sua múltipla fauna, da passarada guinchante aos grandes felinos rosnantes, passando pelos primatas urrantes, batendo como eles mãos torpes no peito, numa bravata própria de estádios inferiores da evolução ou, mais prosaicamente, dos clássicos bêbados expulsos da taberna. [Read more…]

O Buraco Negro

Ide ler sobre as maravilhas do artigo 13.

Direitos de autor no YouTube arruínam vídeos de educação musical. É só fumaça, diziam.

Orgulhosamente sós!

Mais de 50 anos separam este discurso deste: “Portugal não deve ter problemas em ficar isolado sempre que isso corresponda à defesa de um interesse vital” . Enfim.

Extremo do Benfica só para um jogo

Para um jogo? Ah! Pára um jogo. Ah! OK! Pára um jogo. Pára. Assim, sim. Pára. OK. Obrigado, excelente leitor do costume.

Continua o forrobodó

A palavra “transparência” rima com “indecência”, e não deve ser por acaso. Esta comissão foi uma vergonha.

A Terra é Uma. Uma Terra. (5)

Vale da Morte, E.U.A.

Padres polacos queimam livros da saga Harry Potter

“Onde se queimam livros, acaba-se a queimar pessoas.” Heinrich Heine

Para que se saiba

“Tenho defendido Antoine Deltour, Edward Snowden e Hervé Falciani e posso dizer firmemente que Rui Pinto pertence a este clube restrito de ‘whistleblowers’ mais proeminentes deste século”.

Actual

Quando irá o prof. Marcelo receber Rui Pinto e anunciar que Portugal tem o melhor hacker do mundo?

Seixas da Costa retractou-se

disto [imagem tirada daqui]: no futuro do presente composto, como é da praxe, e com o cê bem subjacente, apesar de tudo (e revêem em AO90 é reveem, mas, pronto, acontece).

A Terra é Uma. Uma Terra. (4)

Nova Deli, Índia.

Interino com Santa

O “presidente interino” da Venezuela.

O esplendor do bloco central…

De interesses!

Futuro próximo, numa escola portuguesa…

Pai: – Filho, como foram as tuas notas este período?
Filho – Pai, tive negativa a português e matemática, mas nota máxima a andar de bicicleta.

A Terra é Uma. Uma Terra. (3)

China

A Terra é Uma. Uma Terra. (2)

Menzies, Austrália.

Com tanta consanguinidade no governo…

… é natural que as medidas sejam deficientes.

A Terra é Uma. Uma Terra. (1)

A Terra é um Ser Vivo.
Ela respira, alimenta-se, move-se. Alegra-se e sofre.
Sente.
O seu Corpo é de uma beleza única. Guarda segredos em presença dos quais só o espanto e o silêncio respondem. O seu Espírito é o próprio Mistério em movimento. Uma vibração da origem que se manifesta nas rochas, nas florestas, nos rios e nas montanhas, nos desertos, nos pântanos, nas cidades, nos oceanos. Nos seres que os habitam. Nas construções que erguem. No visível e no invisível,  a Terra é um gesto de Amor de proporções infinitas.
A Terra é Uma. Uma Terra.
A série que hoje se inicia tem por base imagens do nosso planeta recolhidas do Google Earth. Começamos com Samarinda, na Indonésia.

Samarinda, Indonésia.

Resumindo: “atividades que provoquem vibrações” e “a actriz deitada na cama”

Quando? Onde? Hoje, no Expresso. Efectivamente, no Expresso. Exactamente.

Na prisão,

Rui Pinto nomeado para prémio que distingue denunciantes.  Bem merece.

Para quem só lê os títulos (compostinhos)

ligeira alteração no texto proposto pelo candidato à presidência da Comissão Europeia Manfred Weber mudou totalmente o sentido político do que foi votado: em vez de se dizer que “a filiação será suspensa”, diz-se que “o Fidesz suspende a sua filiação do PPE até ao relatório de avaliação estar pronto”

O glifosato é cancerígeno

decidiu um júri norte-americano em caso de linfoma não-Hodgkin. É o segundo.

Rúben Neves pode ajudar a selecção do Brasil

«Posso ajudar a Seleção». Efectivamente.