A Praça do Norte saiu à rua

Foi assim que se continuou a vigília de ontem.

Confesso que já tenho alguma dificuldade em explicar o que me leva a sair à rua, numa noite de inverno, mas vou tentar mais uma vez.

No último ano (se calhar nos últimos!) não vi uma única vez o Programa Praça da Alegria. Estou longe de ser o fã número um do Jorge Gabriel ou da Sónia Araújo.

Não consigo também dizer apenas coisas boas sobre o nosso serviço público de televisão. A RTP tem muito a melhorar? Claro que sim.

Mas a minha participação, tão activa quanto possível, nesta LUTA não se prende com nenhum dos pontos acima referidos.

O que está aqui em causa é uma tentativa do “poder” (governo? administração? outros operadores?) em iniciar a destruição do parte da nossa identidade! Nossa, do Norte!

Estou longe, muito longe de ser um regionalista e não alinho nada no Lisboa a arder, e a Galiza é que é fixe e tal...

Votei contra a Regionalização.

Não posso, no entanto, assistir de braços cruzados a mais um passo na destruição de uma região, neste caso através do serviço público de televisão. Exige-se, por estas bandas, fora do centralismo do Poder de Lisboa, um serviço público de proximidade.

O ataque é global – é à televisão, aos fundos comunitários da região, ao Aeroporto e ao Porto de Leixões, à Casa da Música…

Está na hora de unir o Norte!

Juntos, TODOS, vamos conseguir, porque um Portugal melhor, exige um Norte Maior.

vigilia

Comments


  1. Estou à espera, sentado é claro, de uma posição dos presidentes de Câmara do Norte, ou será que ainda não sabem?

  2. Orlando Sousa says:

    “A distância a que todos estes alfacinhas com quem converso estão do país! Ignoram-no de tal modo que se tem a impressão de que nunca o sentiram na raiz da alma. Pela língua e pelos defeitos, são ainda portugueses, evidentemente. Mas portugueses especiais, de manutenção, que vivem numa reserva demarcada pelo suor do resto de Portugal.”
    Miguel Torga, Diário XIV, Lisboa, 19 de Dezembro

    O resto é conversa.

  3. Jorge says:

    Aqui vai um grito de um alfacinha de gema que se emociona com a “Pronuncia do Norte” dos GNR

    “BIBA O NORTE CARAGO!!”

Deixar uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.