Pela boca morre o peixe…

0

Ver Manuel Pizarro, antigo Secretário de Estado da Saúde no governo do Eng. José Sócrates falar sobre despesismo e de desprezo pelo Porto, é de ir às lágrimas. Ainda por cima, quando o passivo do MS acumulado no tempo desse governo era suficiente para pagar as dívidas de todas as câmaras municipais deste país dos últimos 30 anos…

Sem esquecer, que o governo a que pertenceu Manuel Pizarro foi o mesmo que regulamentou, contrariando normas europeias, de molde a que verbas do QREN fossem parar a Lisboa…

Comments


  1. já estamos em campanha pelo LFM? entre um e outro os portuenses que escolham nenhum 😉


  2. É apenas um momento de recordação 🙂


  3. A grande diferença entre Manuel Pizarro e Fernando Gomes é que aquele deixou que fossem parar a Lisboa verbas do QREN, contra as normas europeias; e FG teria feito tudo para que, mesmo contra as normas europeias, algumas verbas destinadas a Lisboa fossem desviadas para o Porto…
    Por isso, Fernando Gomes parou pouco tempo em Lisboa, acossado pelos do próprio partido, e Manuel Pizarro só veio embora porque Sócrates caiu. Não tivesse caído, Manuel Pizarro nem pensaria na CMP, assento com que sonhou muito tempo, mas Lisboa e o governo têm mais encanto.
    Ah! Não gosto de o ver no Dragão, preferia quando ele tinha aquele jornalzinho da Juventude de Ramalde e gostava de ter sido presidente da Federação Portuguesa de Hóquei!

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.