Barreiro Rocks 2014

Barreiro-Rocks2014

Três dias de Barreiro Rocks, de 5 a 7 de Dezembro.
Video Promocional / Ipsilon – Público / Facebook

Comments


  1. O País e as Instituiçõs Oficias estão completamente reféns de um poder oculto, repugnante e anti-social, os direitos de cidadania são uma miragem, como pode constatar-se do relato que anexo e que respeitosamente solicito a sua publicação, julgando assim contribuir para a conveniente transparência das Instituições e informação do cidadão, no sentido de não baixar os braços e exigir que os direitos de liberdade garantia consignados na Constituição da República Portuguesa sejam cumpridos.
    Grato pela atenção dispensada, apresento respeitosos cumprimentos.
    L.Soares

    CIDADÃO E CIDADANIA SEM CAMINHO

    O Fraco Estado Faz Forte a Vis Interesses

    Os direitos de cidadania consignados pela Constituição da República Portuguesa, são salvo algumas excepções, meras palavras sem efeitos práticos ou consequências e, as excepções, essas são para quem tem poder económico ou influente.
    O desmantelar do Estado de direito vai pondo a nu situações verdadeiramente degradantes na sociedade portuguesa, como a que a seguir se relata, onde o Estado enquanto Regulador parece não estar presente na regulação e disciplina das empresas de seguros, ao ponto de fazer sentido perguntar quem indigita e quem nomeia os responsáveis pelo Instituto de Seguros Português (ISP)? Pagos principescamente sabemos que são.
    Vem isto a propósito do acidente de trabalho do LUIS FILIPE OLIVEIRA ANTUNES SOARES, cidadão nacional com o número 13002866, contribuinte número 247600156 e residente em Castelo Branco, que ocorreu na terceira semana de Agosto de 2014, incapacitando-o de trabalhar entre o dia 22 e o dia 29 do mês acima referido, conforme prescrição médica do clínico da seguradora GENERALI, no Centro Médico MEDICIR em Castelo Branco.
    O Luís Filipe auferia o salário mensal de 500 euros, mas porque no final desse mês, a entidade patronal resolveu mandar todos os funcionários de férias, sem pagar o salário e respectivo subsídio de férias, só veio a receber o salário de Agosto, no mês de Outubro, cujo valor foi de 424,32 euros. Mas entretanto, porque não tinha o Luís Filipe qualquer meio de subsistência, pensou poder receber ao menos os dias de baixa do seguro, pelo que diligenciou junto da delegação da GENERALI em Castelo Branco, mas claro está, sem sucesso, apenas obteve ali informação de que a indeminização em causa, no valor 68,38 euros, já fora processada em 03SET2014, e que o respectivo cheque demoraria ainda mais alguns dias a chegar à residência.
    Em 13OUT2014, dado o silêncio que envolvia situação, foi accionado o ISP no sentido de averiguar do procedimento da seguradora Generali que, logo na mesma data dá nota da reclamação, abrindo para o efeito o processo 481549, mas que infelizmente até agora não produziu qualquer efeito prático, tirando o facto da própria GENERALI vir à posteriori alegar que a indemnização em causa já foi regularizada em 03OUT2013, ou seja, para a GENERALI aquele acidente de trabalho sempre esteve regularizado, já que a regularização (indeminização) para aqueles senhores, ocorreu mesmo antes de ter acontecido, conforme se verifica do mail anexo. Portanto meus senhores da GENERALI e ISP, mais importante que a mera alegação de que indeminização já foi regularizada, importa esclarecer sobretudo como e quem beneficiou dessa indeminização.
    Assim e em conclusão, o Luís Filipe para usufruir do seu único rendimento, o do seu trabalho na empresa AGINOXAL, vai ter de recorrer a tribunal, e quanto à indeminização da seguradora GENERALI, não se vislumbra outro caminho, ficando também assim claro que melhor seria concentrar os recursos financeiros e atribuir aos tribunais a respectiva regulação, tornando assim mais úteis e eficazes os fundos de garantia desse sector. Apesar dos 28 anos de idade do Luís Filipe estarem impregnados de forte decepção com o que tem sido a administração deste País, eles são também uma forte motivação para não baixar os braços e lutar pela sua dignidade no país onde nasceu, vive e quer viver.


  2. Apesar da Seguradora GENERALI já ter em seu poder o nib/iban do Luis Filipe, ainda continua este processo por regularizar.


  3. Apesar da seguradora GENERALI já ter em seu poder nib/iban do Luis Filipe, há uma semana, ainda continua este processo por regularizar. Até quando vamos aguentar estes abusos.

Deixar uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.