Dava uma bela presidente

Magdalena OgorekNão vou colocar em causa a competência de alguém que não conheço nem fazer julgamentos antecipados ao estilo da elite parola da extrema-direita obcecada por unicórnios. A menina Magdalena (sim, consta que ainda é solteira) pode ter tanto de competente com tem de atraente. Mas que a escolha de uma ex-apresentadora de TV e ex-consultora de comunicação do Banco Central da Polónia com 35 anos, cuja experiência política parece roçar o nada, para representar os sociais-democratas do SLD na corrida para as presidenciais lá do sítio causa alguma estranheza, isso causa. Agora que dava uma bela presidente, disso ninguém terá dúvidas. Entre esta jovem e o ser que habita o Palácio de Belém eu não pensava duas vezes. O pior que poderia acontecer seria a menina Magdalena mostrar-se tão inútil quanto Cavaco, com a diferença que a cara dela não causaria enjoo e vómitos a ninguém.

Comments


  1. Qualquer escolha será sempre melhor do que o senhor Silva. O sapo Cocas, a Leopoldina, qualquer um, menos o que lá está.


  2. “Entre esta jovem e o ser que habita o Palácio de Belém”

    O quê? Mas há alguém a habitar o palácio de Belém? Mas quê, vivo?


  3. “presidenta”, diria a outra!


  4. É bom lembrar que a menina é mais velha do que Eva Peron quando morreu. Eva também era só actriz sem experiência política e foi o que se viu, mesmo com o marido na cadeia.

  5. Zoelae says:

    Não subestime as capacidades da senhora. Ela é doutorada em História. Daria uma presidente muito melhor do que o Sr. Silva, que é uma nulidade para eventos históricos, como é público pela sua amnésia selectiva


  6. João Mendes, penso que há aqui uma certa “mistura de alhos com bugalhos”, que é como quem diz: Uma “coisa” é a jovem Magdalena de seu nome, com 35 anos de idade, doutorada em História, com um curriculum, digamos que, pobre, e cuja experiência política parece roçar o nada, o que, diga-se de passagem poderá induzir a alguns pruridos, porque enfim…o saber de experiência feito, é sempre bem mais confortável em termos de confiança e de segurança, seja em que âmbito for; e neste caso em particular, na corrida a Belém.
    Outra “coisa”, são os atributos físicos da dita jovem, que sendo atraente (pelos vistos, pois tampouco sei apreciar mulheres!), são alvo de chacota no sentido pejorativo, afirmando-se que “daria uma bela presidente”, quicá(?) seria bem mais agradável à vista do que o “feioso” senhor Silva…negligenciando-se assim as suas competências funcionais e aptidões para o exercício do cargo.
    Sabemos lá nós, não é verdade?…Pelo menos, por ora!
    Uma coisa é certa! Está mais do que na hora de remodelar esta cambada de “reumático”, cheia de tiques senis que circula em Belém!
    E se for uma senhora e ainda por cima, bonita, qual é o problema???


    • Nenhum Paula. Pelo contrário, vejo-o com bons olhos. Foi uma brincadeira inocente sem a mínima intenção difamatória. Levantar uma questão não é colocar alguém em causa.

Deixar uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.