5 comentários em “Os espetadores, os espectadores, o fato e os “contristas””

  1. Então mas você não escreve contra o AO90? Então, a resposta à sua pergunta é “sim, os contras ainda mexem”. E isso não é um problema, até porque há quem aprecie ikizukiri de descordistas.

    1. Não pretendo responder pelo Francisco Valada, mas pela minha parte e pelo que me parece do que leio, ouço e vejo (incluindo textos como o de cima, tirado de “A Bola”), parece-me que efectivamente SIM, os contristas mexem e mexerão cada vez mais. Pelo menos enquanto o pseudo-acordo não for revogado, ou (vá lá, vou ser condescendente) enquanto não nos derem razões mais pertinentes, credíveis e bem fundamentadas para que o aceitemos (e que vão para além do “já está em vigor, temos que nos submeter”).

  2. Sou professora pelo que me é imposto a escrita tendo em conta o malfadado AO. Abomino tal facto mas não me é permitido agir de outra forma. Já pensaram no nº de livros escolares que foram retirados e substituídos por outros apenas sob o pretexto de estarem de acordo com o AO? (Isto é que foi uma riqueza para as editoras!…)

  3. Eu tenho apenas a 4ª classe, feita depois de casado, mas acho que é uma aberração á língua Portuguesa, pois anda a ser tão mal tratada, Eu que raramente dava um erro na escola, agora anda-me o pc a ensinar a escrever, não é justo a língua Portuguesa andar a ser tão mal tratada. Nós que descobrimos o Brasil, porque é que agora temos que escrever em Brasileiro????????????????????

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.