Anti-americanismo? Falso!


margarida marques

Imagem: Diário de Notícias

Um dos pseudo-argumentos que os defensores do TTIP em Portugal usam para explicar os protestos do movimento europeu contra este acordo é o facto de se tratar de um acordo com os EUA. Afirma-o a Secretária de Estado dos Assuntos Europeus, Margarida Marques, afirma-o o Sr. Vital Moreira. Razões de anti-americanismo (EUA) estariam pois na base dos protestos. O que se pretenderá com este suposto argumento, que carece de qualquer fundamentação?

Transmito aqui solenemente, dirigida a quem faz esta afirmação descabida e a quem a ouve ou lê, a seguinte informação: A contestação incide sobre o conteúdo do tratado e não sobre as partes intervenientes. Por isso mesmo, quem contesta o TTIP contesta igualmente o CETA – tratado similar, mas com o Canadá. Além do mais, o movimento norte-americano (EUA) de cidadãos contra o TTIP é aliado do movimento europeu e esteve presente nas manifestações dos muitos milhares de cidadãos deste lado do Atlântico.

Identicamente ao TTIP, o CETA

  • estabelece um sistema de proteção ao investimento (Investment Court System – ICS, no caso do CETA), que institui uma justiça paralela especial para investidores, colocando as multinacionais acima dos estados; é pois um atentado à democracia dos estados. O simples receio de um litígio poderá vir a influenciar e manietar eventuais iniciativas regulatórias dos parlamentos nacionais;
  • estipula que a privatização de serviços públicos é irreversível; se ainda assim vier pontualmente a ocorrer, dará direito a ICS com o respectivo pagamento de multas milionárias;
  • abre as portas, via ICS, ao fracking, OGMs e mantém a possibilidade de exportação de areias betuminosas para a UE, as tais que transformam florestas boreais em paisagens lunares;
  • e, embora não tão ambiciosa quanto a prevista no TTIP, cria uma cooperação regulatória que reforça a influência dos lobbies sobre a regulamentação europeia.

Concluindo: Não ao CETA, Não ao TTIP, não a tratados que ampliem mais ainda a ditadura do capital sobre os cidadãos. Portanto, invocar anti-americanismo a este respeito não passa de uma vulgar manipulação da opinião pública.

Comments

  1. ラルフ・C・ベルモンド says:

    Excelente resumo! Outro dos objectivos desse tipo de tratados é criar uma aliança transatlântica para evitar quaisquer tentativas de aproximação dos Países Europeus da Ásia para destruir a Eurásia, sendo a Rússia um dos alvos favoritos dessa destruição! Aquilo que a nato está a fazer é simplesmente uma parte da agenda desses tratados: contornar as fronteiras com uma das áreas Planetárias que falta invadir no Planeta por parte dos conquistadores, essa raça parasitária de COLON+os que entraram no Planeta por Worm Holes e que a única coisa que sabem fazer é explorar os recursos Planetários e devastar e exterminar as populações Nativas que lá encontram, para depois re-escreverem a história como sendo os heróis do mar, os descobridores!

    Trevor Belmont
    odiariodeumet.wordpress.com

  2. Escutamos todos os argumentos dum e doutro lado e decidamos pela nossa cabeça: Ainda agora vários cientistas acusam os contestatários de prejudicarem as populações de vários países, mais até os mais pobres pela sua irracional propaganda contra o OGM- que de acordo com os testes não têm nenhum efeito contrário, apenas melhoram a produção. Assumam com responsabilidade se querem escutar um bando de líricos ou os cientistas, mas não culpem os outros por vos terem convencido; culpem-se apenas vos próprios.

  3. fleitao says:

    Acho desgostante que estejam a repetir a postura do Salazar, esse que chamava comunistas a todos os que não se vergassem a ele.

Trackbacks

Deixar um comentário

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

WordPress.com Logo

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Log Out / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Log Out / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Log Out / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Log Out / Alterar )

Connecting to %s