Ventos de mudança nos EUA


As próximas eleições americanas poderão colocar em causa o establishment do bi-partidarismo. Há muito que pequenos partidos procuram sem sucesso um lugar no sistema. Se H. Clinton está longe de assegurar o pleno nos Dems, que dizer de Trump no GOP? Gary Johnson e William Weld representam em 2016 uma séria ameaça ao sistema. Com sondagens oscilando entre 5 a 10%, recolhendo cada vez mais apoios, nomeadamente de figuras destacadas do Partido Republicano, que não se revêm em Trump…

Será obviamente difícil para não dizer impossível que Gary Johnson venha a ser o próximo presidente dos EUA, mas não deixaria de ser interessante que obtivesse vitórias estaduais, Novo México e Utah são possíveis, que garantissem alguns votos e impedissem Trump ou Clinton de obter os 270 votos necessários para a eleição no colégio eleitoral. Venha ou não a atingir o objectivo, a candidatura libertária tem para já o mérito de lançar sementes para o futuro na esperança que algo mude na América, retirando poder ao governo em benefício do cidadão.

Comments

  1. maria cassilda says:

    Empresários de todos os países, uni-vos!
    Empresários portugueses, deixem de ser parvos!
    O Costa quer que vocês invistam, criem empregos e riqueza, para ele a seguir vos ir sacar impostos para meter no cú dos esquerdistas do PS, PCP, BE e CGTP.
    E vocês trabalham de dia e de noite sem sequer terem direito a férias?
    Deixem de ser parvos. Mandem o Costa à merda!
    Os Esquerdas não criam nenhuma empresa nem logicamente nenhum emprego.
    Vocês criam empregos e os Esquerdas a seguir vão instigar os trabalhadores a exigir-vos o tutano dos vossos ossos. Mandem o Arménio à merda!
    A Catarina e o Jerónimo de Sousa querem acabar com os empresários para eles tomarem conta do Estado Socialista e ficarem a mandar nos portugueses todos. À la Cuba! Façam-lhes a vontade! Comecem vocês mesmo a acabar com as vossas empresas geradoras de emprego. Reduzam-nas à menor dimensão. Fiquem só vocês e as vossas famílias a trabalhar nelas, mas a darem o rendimento apenas para vocês e as vossas famílias terem uma vida digna sem gerarem lucros que vão dar impostos para encher o cú aos Esquerdas. Mandem os Esquerdas à merda!
    O futuro é dos que trabalham não é dos malandros dos Esquerdas.
    Empresários de todos os países, uni-vos!

    • A Cassilda não devia passado tantas horas ao sol. Respire fundo. Beba muita água e tome um calmante forte. O calor é tramado.

      P.S.: os empresários de todo o mundo estão muito, mas MUITO mais bem unidos que os trabalhadores. Onde tem andado nos últimos 30 anos???? Eles até mandam completamente nessas coisas das instituições europeias! Caso esteja destatenta, existem uns órgãos supra-nacionais, tipo FMI, Eurogrupo, BCE, que dirigem todas as nossas vidas e não respondem sequer a qualquer eleitorado — por isso, está a ver? Não tem que se preocupar com os trabalhadores. Está tudo bem. Relaxe, procure descansar. O Fidel não vai fazer mais mal aos pobres empresários indefesos.

  2. Afonso Valverde says:

    Ó Maria! O que se passa contigo?
    A questão é: Como é que o rendimento produzido é distribuído entre capital e trabalho. Não achas que o trabalho merece um pouco mais de rendimento? Se o futuro é dos que trabalham… Embora essa ideia comece a ser estranha porque não há trabalho para todos mesmos para aqueles que querem mesmo trabalhar. Como explicas isso, com alguma clarividência…

    • maria cassilda says:

      Ó Afonso, vai perguntar ao D. Afonso Henriques como é que se constrói e se defende um Estado.
      Queres clarividência? Falta-te?
      Trabalha e estuda! Se isso não te chatear.

      Como és de Esquerda podes ficar melindrado com a resposta, mas isso é problema teu.
      Só te dou mais um conselho.
      “Se o teu amigo te pedir um peixe, não lho dês, ensina-o a pescar.”
      É claro que este conselho só faz sentido para ti, Afonso, se tu souberes pescar!

      Desejo-te uma boa tarde.

      • Nascimento says:

        Cassilda como tu estás bué da grande 😚!E cada vez mais linda! Olha amor o pagamento por conta foi a tia prima Manuelina de direita que te obrigou a pagar😅!Não foi amor?E quem foi o lindo amigo teu que qual “Ditador” de” Estado” desconfia de ti minha Empresaria linda,e te obriga a mudar de Software com tudo o que e fatura e com NUMERO DE CONTRIBUINTE até no papel higiénico? Depois oferece-te um carrinho😁! Vai lamber o cu ao COMUNISTA Paulo Núncio 😜!Ops, o Paulinho Nuncizinho não pertence à tua família? CDS?O “AMIGO dos Empresários”?E da Lavoura! Evidentemente , o colega das pilhas duracel, mal cheiroso da boca que estava na SS deu-te um bónus: escravos no desemprego que trabalham de borla para vacas como tu 😈!Quanto pagas tu? Aposto que sei: refeição, passe social, e 80€!!!O resto paga o desempregado do seu subsídio de desemprego!Ganda Empresaria que és…..linda 😜!

      • ZE LOPES says:

        Eu experimentei, e o D. Afonso Henriques disse-me que só lhe mandasse lá uma tal Cassilda para saber se os que “tem no sítio” são, ao menos, superiores aos da D. Le Pen. E para isso só V. Exa, D. Cassilda, tem a resposta.

  3. Martinhopm says:

    A Cacilda endoidou?! Ma foi! Ou então fala como fala por ter nascido de cu virado para a lua?!

  4. Martinhopm says:

    António Almeida, era de facto bom que algo de novo acontecesse nos EUA. Lá como cá, até agora, era o ‘arco da governação’ e daqui não saíamos. O mal foi terem quilhado indecentemente o Bernie Sanders. Talvez representasse uma aragem de benéfica mudança.

  5. Afonso Valverde says:

    Sim, ensinaram-me a pescar.
    Sempre estudei e depois trabalhe e estudei e ainda trabalho e estudo um pouco. Não sei se sou de esquerda ou de direita: Os valores da liberdade e da responsabilidade são de que lado?Apenas acho que o rendimento a atribuir ao trabalho deve ser maior.
    O rendimento atribuído a alguns fatores de produção (capital) é ainda exagerado. A distribuição deve ser mais equilibrada.
    Os sindicatos cumprem o seu papel de defender trabalhadores.
    Por acaso já reparou nos valores dos vencimentos dos gestores de topo das empresas?
    Claro que o nosso Primeiro Rei é uma referência e até um exemplo, sem dúvida.
    Agradeço e retribuo os votos de boa tarde.

  6. anónimo says:

    Quem é que se ilude com as mudanças nos EUA?
    Eles são artistas a prometer mudar tudo, grandes defensores da Paz, da Igualdade, da Liberdade, da Democracia, do Mundo.
    Não há melhor que eles.

    Quando eles prometem a mudança, é para que tudo fique na mesma ou pior.
    Na verdade, não há pior que eles.

    Quando elegeram o Obama, primeiro presidente negro, foi um sinal de mudança. Até lhe deram o Nobel da Paz. Mas afinal só mudou a cor do presidente.
    Com a Secretária da Guerra Clinton, organizou golpes de estado e guerras civis por todo o lado, espalhou a guerra à volta da Europa.
    Com o Obama os polícias brancos desataram a abater os negros, e os negros a abater os polícias.
    Ora aí está no que deu a esperança de mudança.

    Se elegerem a Clinton, primeiro presidente mulher, já sabemos com o que podemos contar.
    Com o Trump, primeiro presidente maluco, não deve ser muito diferente.

    Mudar a cor, o sexo, a cara, o discurso, isso não é mudança. A substancia é sempre a mesma.
    Seja qual for “a forma” do presidente, eles vão continuar a fabricar as armas mais eficientes, vão continuar o imperialismo, a expansão ilimitada, vão continuar a intimidar todo o mundo, e vão continuar a roubar os recursos dos outros países.

    Desde a 2ª guerra mundial já por lá passaram muitos presidentes, e a coisa vai de mal a pior.

  7. ...Eu não sou de cá... says:

    A Cassilda não tomou os medicamentos e depois dá nisto….

    • ZE LOPES says:

      Tomou, pois! Os gajos, lá na rua de S. Caetano não deixam ninguém vir para aqui mandar postas de pescada sem lhe darem uns “speeds”. Depois, vão todos juntos a cantar para Castelo de Vide. Ali chegados, uns vão para as conferências, outros para outros serviços. É o caso da Cassilda. Comopete-lhe saber quem os tem “no sítio”, e fazer aqui um relatório.

  8. ZE LOPES says:

    Agora a sério. O problema é que, dado o sistema eleitoral disfuncional (para não dizer, simplesmente, estúpido) que existe nos EUA, há candidaturas que partem, desde o princípio, derrotadas. Sim, porque os candidatos têm de se inscrever em cada um dos 50 estados, que pedem requisitos completamente díspares. E, assim, só os dos dois principais partidos conseguem vir no boletim de voto de todos os estados. Os candidatos libertários e os ecologistas ainda poderiam almejar, em teoria, à vitória (são candidatos a ums 350 lugares no colégio eleitoral cada um). Todos os outros já perderam á partida: o máximo a que se candidata uma das outras duplas é a 180 lugares…

Deixar um comentário

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

WordPress.com Logo

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Log Out / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Log Out / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Log Out / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Log Out / Alterar )

Connecting to %s