Afecto não solicitado, aqui não, obrigado

Urge a criação de um Estatuto de Objector de Consciência dos Afectos para proteger o cidadão de manifestações indesejadas por parte do presidente da República.

Comments


  1. Soa altamente a fascismo.

  2. Konigvs says:

    De facto o ex-comentador soa um bocado a publicidade não endereçada. Não sei como é na televisão, mas não consigo escapar dele na rádio. Também faz lembrar aqueles humoristas que aparecem, com grande empatia com o público, como aquele eletricista que pôs todo o país a dizer Puta-que-pariu-Oubelá-é-pó-Bujão e depois, tão rapidamente como apareceu, eclipsou-se. E eu acho que não precisamos de cinco anos para não poder suportar tanta opinião, tanta agenda, tanto afeto…

Deixar uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.