O maior assalto fiscal de sempre começa amanhã


vg2

Esta posta não tem nada a ver com Vítor Gaspar. Mas sempre que penso em enormes aumentos de impostos, é o director do FMI que me vem à cabeça. Por esse motivo, e porque amanhã se inicia um dos mais violentos assaltos ao contribuinte de que há memória, decidi usar este belo sorriso do nosso saudoso antigo ministro. Esteja ele onde estiver, absorto em exceis ou a disparar chumbo grosso no próprio pé, estou certo que estará a sorrir e a pensar: “Queixastes-vos de mim, gastadores? Então sofrei agora nas mãos dos estalinistas e chorai, ingratos!”

Pois é meus caros amigos, leitores e haters: amanhã chega o desumano e cruel imposto sobre as bebidas açucaradas. Já uma pessoa não pode ser balofa sem ter que levar com estes comunas a tributar como se não houvesse amanhã. A miséria vem aí, é gaseificada e vai-vos lixar no mínimo mais 15 cêntimos de cada vez que tiverdes sede de refrigerante. Poupanças desaparecerão, orçamentos familiares serão arruinados, dilúvios cobrirão a Terra e Belzebu reinará sobre a classe média, escravizada e privada da sua coca-cola. Rezai, rezai muito, e quem sabe sereis salvos pelo radicalismo do amor da doutora Cristas, que ainda há gente de bem neste país.

Foto: Bruno Simão/Jornal de Negócios

Comments

  1. Ana A. says:

    Quando li o título do post fiquei preocupada e a pensar o que é que me tinha escapado…
    Claro, que há todo um lobby da “saúde” ou melhor, da doença que interessa acautelar. Afinal, a quem é que interessa uma população saudável?! Só mesmo aos contribuintes que pagam o SNS.

  2. José Oliveira says:

    O tom jocoso, esconde um ovo de serpente. Em fevereiro vai ser ratificado o CETA, acordo com o Canadá. À luz desse tratado, o governo não poderá taxar os refrigerantes nem aumentar o salário mínimo, p.ex, pois isso prejudica os lucros das empresas e estas poderão processar o estado, exigindo compensações milionárias (já aconteceu em outros países).
    Ou seja, as empresas podem fazer tudo e os governos não podem fazer nada. É isto que os nossos deputados eleitos vão aprovar nas nossas costas. E depois queixam-se que há muito eurocépticos…Obrigada…!!!!

  3. Será que querem prejudicar a benemérita coca-cola? e será que o autor do texto “bebe” da coca cola?

  4. tá bem tá says:

    em minha casa esse imposto não causa um cêntimo de mossa.

  5. Manuel Moutinho says:

    Coitados dos gordos como eu.

Trackbacks

  1. […] o CFP da Dra. Teodora Cardoso escapa à sovietização em curso. Mas não nos deixemos enganar: o maior assalto fiscal de sempre começou no dia 1 de Fevereiro de 2017. Portugal nunca mais será o mesmo após o brutal aumento de impostos sobre os […]

Deixar um comentário

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s