Ouvido no portugalex

Por causa do muro, Trump vai contratar a equipa do “Querido, mudei a casa.”

Comments

  1. Rui Naldinho says:

    Não sei se isso tem pés para andar, do Querido mudei a casa! ”

    “Sei de fonte fidedigna, que Paulo Portas se reuniu com um Secretário de Estado de Trump, para lhe propor que seja a Mota & Comp. a fazer o muro, uma vez que a empresa portuguesa já está no México a trabalhar, mas não é uma empresa Mexicana, logo não passível de extraditação.”
    ” Sei também que Paulo Portas foi conduzido até ao novo Governo Norte Americano por António Ribeiro Ferreira, ojornalista do “i”, admirador desde há longa data de Trump(a). O jornalista é pai da candidata do CDS a deputada, ficou-se por aí, Mariana Ribeiro Ferreira, a tal que não tinha curriculum para estar à frente da Segurança Social, mas esteve, e o pai desconhecia esse facto, pois nunca denunciou a situação obscena.”
    Há pais assim!!
    “O argumento é forte para que esta obra seja entregue à Mota e Companhia. Paulo Portas fez valer os seus créditos internacionais em matéria de negócios.
    O Secretário de Estado Norte Americano disse-lhe que desejava um muro para acabar de vez com o submundo da droga, do tráfico à emigração ilegal, que segundo ele, estavam associadas, ao que Paulo Portas lhe respondeu prontamente, que de sub’s, sejam eles terrestres ou aquáticos, percebe ele, dando como exemplo ao dito Secretário de Estado o excelente negócio por si protagonizado nos submarinos comprados por Portugal à Alemanha.
    Trump parece estar fortemente inclinado para lhes dar a obra.
    Parece que a única coisa que está pendente são o modo de pagamento das luvas. Portas não quer o dinheiro nos off shores, muito menos no do Panamá Papers, porque tem medo do Expresso. Prefere por o dinheiro no baú da mãe, que têm numa casa de família, uma vez que agora é filho único do primeiro matrimónio.”

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.