Radicalismo sem amor

Ao cuidado dos lisboetas, em particular aqueles que residem nos bairros sociais da cidade. Não se deixem enganar.

Video: Luis Vargas@Geringonça

Comments


  1. A “tia” Cristas não engana quem quer, só engana quem quer ser enganado.

Trackbacks


  1. […] média, escravizada e privada da sua coca-cola. Rezai, rezai muito, e quem sabe sereis salvos pelo radicalismo do amor da doutora Cristas, que ainda há gente de bem neste […]


  2. […] na cidade de Lisboa, e sem aquela noção do ridículo que caracteriza episódios como ao do radicalismo do amor, da institucionalização da cunha ou do “tau-tau” que levaremos da UE se não nos […]


  3. […] como esta, é o universo de cunhas e clientelas que orbitam em torno do seu partido, é esse discurso leviano que faz nos bairros sociais, depois de tudo o que fez àquelas pessoas e é a forma negligente e desqualificada como se comportou perante o caso da resolução do BES. […]

Deixar uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.