O ano em que a extrema-direita voltou ao poder


 

Ouço com incredulidade as notícias do que Trump diz e faz. De mansinho, como um elefante entre porcelanas, o KKK, os fanáticos religiosos, os negacionistas ambientais, o populismo, a perseguição aos emigrantes, a tortura, a mentira descarada e todo o mal que a extrema-direita encarna chegou ao poder na América, pela mão de Trump.

Deste lado do Atlântico ouvem-se vozes preocupadas com a possibilidade da Le Pen poder chegar ao poder. Mas isso já aconteceu entre os amaricanos. Sem disfarçar, escroques como Geert Wilders, Frauke Petry, Nigel Farage e Marine Le Pen falam abertamente ao que vêm e, pior, têm apoiantes.

Entretanto, enquanto Trump vai destabilizando os EUA e o mundo, há quem se pergunte até onde isto irá. A resposta é clara – basta ver o que outros fizeram. Quando esse momento chegar, Trump irá para a guerra. A memória das pessoas é o seu principal inimigo. Maus anos se aproximam.

Comments

  1. Paulo Só says:

    Acho que é fundamental dar o maior destaque às medidas de desregulamentação financeira que o governo Trump está a promover.Primeiro pela gravidade do retrocesso, que vai no sentido de uma desresponsabilização do mercado financeiro, e abre a porta a novas e repetidas bolhas, que como se sabe são pagas pela comunidade, enquanto os lucros continuam a fluir para o bolso de alguns. Depois porque isso deve desmascarar de vez a natureza da política de Trump, e demais arautos populistas: trata-se de um proto-fascismo, que usa a insatisfação popular para impulsionar uma política de consolidação dos interesses das oligarquias. Não tem nada de generoso nem de socialmente construtivo.

Deixar um comentário

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s