Rejubilai! As touradas estão a morrer


tourada

Desde o final da década passada, o número de touradas realizadas em Portugal tem vindo a diminuir de ano para ano. Em igual trajectória, estes espectáculos de violência e morte perderam milhares de espectadores em poucos anos: em 2008, segundo números do IGAC, as touradas levaram aproximadamente 700 mil portugueses às arenas. Em 2016, o número foi reduzido para perto de metade. Um declínio que se saúda.

Perante esta realidade, é expectável que as touradas acabem mesmo por morrer, ainda que de morte lenta e demorada, o que infelizmente ainda custará a vida a centenas de animais indefesos que continuarão a ser alvo da brutalidade de uma tradição sem nexo. Não obstante, o crescente desinteresse dos portugueses pelo entretenimento da tortura é um sinal positivo e animador. Estamos no bom caminho e só se lamenta que o enfermo continue a ser medicado. Desliguemos-lhe as máquinas. Ou eles que se toureiem uns aos outros.

Cartoon@No Limiar das Palavras

Comments

  1. Rui Naldinho says:

    Adoro touradas.
    Sempre achei que a tourada tinha momentos hilariantes.
    Só é pena que os animais andem de casaco. Tirando isso, o espetáculo é digno de ser visto.

  2. Ignorantes, insensíveis, sem cultura, desconhecedores do mundo que os rodeia e da sua história, desinformados, ridículos, sensores, e sobretudo fascistas, são o que os desconhecedores do assunto são, para além de serem desrespeitadores do pensamento dos outros.

    • Ana A. says:

      É verdade, o desconhecimento do mundo e da história só produz “fanáticos” que atacam as touradas! Vejam só, como é que alguém mentalmente são, pode encontrar algo de errado numa tourada?!
      E por falar em História, que pena eu tenho de não viver na época dos romanos! Adorava ir ao circo ao Coliseu de Roma…”pena” que tenhamos “evoluído” e já não se mate gente na arena…

      • joão lopes says:

        é obvio que quando os caçadores/agricultores de Castro Verde matam uma aguia imperial,7 milhafres e mais umas tantas raposas numa semana,isso faz parte da mesma “cultura” dos herois das touradas,afinal os bichos só existem para o bicho homem os exterminar.É obvio tambem que aquela aguia imperial(existem apenas 3 casais em Portugal,para 240 em Espanha) não pode comer os coelhos,que são por “direito proprio” do bicho homem.

    • Fernando Antunes says:

      O Jota é que desconhece o mundo que o rodeia pois não percebe que ele evolui. Aliás, já evoluiu.

      Por isso é que a tourada só sobrevive com milhões de euros em subsídios das autarquias e do Estado, de uma maneira ou de outra. É uma tradição morta, mantida viva artificialmente apenas e só devido ao poder de certos lóbis e elites ligadas a sectores conservadores, pois público que o sustente não tem! As praças de touros não são mantidas com as corridas de touros seguramente, pois não têm corridas de touros suficientes durante o ano para se sustentarem (quando muito duas ou três por ano, em média).

    • Caro jota meta a tradição camuflada de Kultura lá num certo sitio e vá espetar ferros ao seu tio a ver se ele adere à onda sanguinária de meia dúzia de depravados mentais.

  3. Carla says:

    Se a tourada é cultura e há quem defenda a cultura talvez devessemos comprar alguns escravos,matar o vizinho para ficar com a casa dele,enterrar vivas as crianças com deficiência…talvez ressuscitar hitler e deixar a raça ariana governar o mundo!!!Afinal tudo isto é história….
    A evolução da sociedade está nos seus actos e np respeito pelos outros seres vivos incluindo a Natureza..nao são os prédios altos e os carros potentes que elevam personalidades!!!
    Fazer sofrer por simples prazer…nao tem descrição para este tipo de atitude!

  4. Boas noticias. A horda sanguinária está em declínio.

  5. Mario Sargento says:

    Uma mentira por muitas vezes que seja dita não se torna um verdade

Deixar um comentário

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s