A coligação PSD – PNR


Pronto, já não há dúvidas: Passos Coelho reafirmou o seu apoio a André Ventura na sua candidatura à Câmara de Loures. Junta-se, assim, ao já declarado apoio do PNR. Por escolha própria; depois não se queixe dos compreensíveis adjectivos que aí vêm.

Comments

  1. JgMenos says:

    Já agora, se a esquerda pode aceitar apoio de estalinistas e quejandos, à direita têm que andar a garantir-se que alguns não a apoiem!
    E já não há adjectivo de que o PSD não tenha sido servido pela esquerdalhada…

    • Atento/sempre says:

      Mas qual “esquerda” a que se refere do PCP/Verdes do BE/UDP do PAN ou a do PS? E quanto a atitude do PSD do Coelho e seus correligionários, não deve espantar, até os mais distraídos…

  2. esteves aires says:

    Um Fascista Candidato do PSD/CDS à Câmara de Loures

    (Do correspondente do Partido na Câmara de Loures) Nestes últimos dias, temos sido presenteados com declarações de André Ventura, candidato nazi á Câmara de Loures pelo PSD/CDS, referindo-se à etnia cigana como “grupos que, em termos de composição de rendimento, vivem exclusivamente de subsídios do Estado”, e que “há minorias que se acham acima da lei. Temos tido excessiva tolerância”, além de outras considerações que ofendem os habitantes do Concelho de Loures, onde uma grande parte da população é de cidadãos pobres que vivem em Loures com a dignidade que a venda da sua força de trabalho lhes permite.

    Este energúmeno, candidato do PSD/CDS, ao ter ofendido os cidadãos das várias etnias moradoras no concelho, desconhece o Concelho e a sua história, de certeza que nunca habitou uma casa num bairro social e nunca pensou por que e como as pessoas mais pobres são obrigadas a viver nestes bairros. Na sua grande maioria, são trabalhadores e imigrantes, explorados por este regime capitalista que sempre os considerou como cidadãos de terceira, com salários que não lhes permitiam ter uma habitação digna para viver com as suas famílias. Antes e após o 25 de Abril, eram obrigados a viver em “barracas” nos arredores da Cidade de Lisboa, em condições humilhantes e degradantes, sem que o regime se importasse de resolver o problema da habitação dos trabalhadores explorados pelo patronato fiel ao regime fascista de Salazar e de Marcelo Caetano.

    Após o 25 de Abril, o então MRPP desenvolveu uma luta sem quartel pela ocupação de casas abandonadas, em conjunto com os trabalhadores habitantes de barracas, através da palavra de ordem “Casas Sim, Barracas Não!”, que levou ao desaparecimento de inúmeros bairros de barracas em Lisboa e arredores. Esta luta dos trabalhadores e do MRPP, obrigou o regime saído do 25 de Abril a construir os chamados bairros sociais.

    Hoje, passados mais de 40 anos sobre o 25 de Abril, assistimos ao reaparecimento da exploração e da miséria por responsabilidade dos partidos PSD/PS/CDS/PCP/CDU/BE – pois são eles que têm executado as politicas que empobreceram os trabalhadores e com isso levaram à degradação da sua qualidade de vida e à degradação dos bairros sociais, desleixados pelos senhorios, as Câmaras Municipais. Este parasita, André Ventura, Candidato nazi do PSD/CDS, é o instrumento provocador que tenta culpar os mais pobres dos pobres, de serem os responsáveis da situação em que se encontram e que por isso devem ser criminalizados pela sua condição de pobreza.

    Os restantes partidos não saem limpos desta situação das comunidades de trabalhadores que habitam em Loures, pois todos eles estão de acordo em continuar a situação degradante destas comunidades.

    A candidata do PS (Sónia Paixão) á Câmara de Loures, que era vereadora com o pelouro dos assuntos sociais, esquece-se que foi no seu mandato que na Quinta da Fonte, na freguesia da Apelação, aconteceu o tiroteio entre comunidades, tendo na altura sido defendidas pelo partido Socialista as mesmas opiniões racistas, idênticas às do agora candidato nazi do PSD/CDS.

    Também o PCP/CDU, com o apoio do PS/PSD/CDS/BE, apoiaram a cedência de instalações (Campo de Concentração) para refugiados, a 50 metros da ETAR de São João da Talha, esquecendo que os refugiados das guerras imperialistas são seres humanos e merecem ser tratados como seres humanos, ou seja, com dignidade.

    Somente o PCTP/MRPP votou contra esta vil decisão do executivo de Bernardino Soares e dos restantes partidos representados na Assembleia Municipal de Loures.

    Todas as forças políticas representadas na Assembleia da República estão de acordo em continuar a humilhar, empobrecer e degradar as condições de vida dos trabalhadores do Concelho de Loures e de Portugal.

    Só através da luta, os trabalhadores podem alterar as suas miseráveis condições de vida, criadas pelos executivos e lacaios como André Ventura, aliados dos grandes capitalistas exploradores e corruptos.

    No próximo dia 1 de Outubro, nas eleições autárquicas, temos oportunidade de dar uma resposta a estes lacaios do capitalismo corrupto e explorador, através do voto nos que defendam os interesses do povo trabalhador.
    retirado do jornal “Luta Popular”

  3. Paulo Só says:

    Gostaria de saber o que pensa o pai, a mulher, a família do Passos Coelho a esse respeito. Felizmente estamos na Europa, sujeitos ao domínio dos impérios centrais, de contrário já estaríamos outra vez ou ainda estaríamos num regime fascista qualquer. De qualquer forma nunca entendi fascistas que não têm filhos. Um bom fascista deve ter uns 6 10 filhos. Mas aqui já não se ouve sequer o esplendor de Portugal. Por isso os portugueses daqui a dez aos serão todos de cereal de mistura, apesar dos ucranianos. Racismo será cada vez mais complexo, mesmo para o Passos Coelho e Ventura.

  4. O PNR nunca se coligará com qualquer partido abrileiro. Não alinhamos com traidores!

  5. Paulo Só says:

    O PNR tenta aparecer enquanto o Front National da França e o UKIP na Inglaterra entram em decadência. É normal; primeiro Portugal está sempre na frente, e depois os partidos reacionários são atrasados por essência.

Deixar um comentário

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s