Ó Santana

Aumenta aí a odd no Lula. Isto promete.

Pânico na Comporta

bolsa

A CMVM acaba de suspender a negociação das acções do BES na bolsa de Lisboa. Para além de uma acentuada queda dos títulos do banco na ordem dos 17%, que arrastou consigo o PSI-20 que seguia a perder 4%, ficamos também a saber que a exposição do BES ao GES é de cerca de 980 milhões de euros. Riscos sistémicos? Naaaa, está tudo bem! Não vai custar um cêntimo aos contribuintes. Mas pelo sim pelo não, alguém avise a Dona Inércia que poderá em breve deixar de ganhar tanto como o Ronaldo…

Alguém quer vir brincar aos pobrezinhos para a Comporta?

A força para ter razão e uma razão para ter esperança

Por SANTANA CASTILHO

Numa rara confluência política, PSD, PCP, PEV e Bloco de Esquerda apresentaram, na Assembleia da República, um texto de substituição das iniciativas autónomas do PCP e do PSD sobre a suspensão do modelo de avaliação do desempenho dos docentes. Esse texto, que foi aprovado tendo apenas votos contra do PS e de Pacheco Pereira, fez, enfim, prevalecer a força da razão sobre a razão da força.
Não me surpreende a polémica que se seguiu. Outrossim, sabia que era inevitável. Alguém pensou que os que beneficiaram de tanta trapaça e injustiça não iriam reagir? Alguém antecipava que os pequenos ditadores, que a impuseram, ficariam serenos? Alguém desconhece que há uma classe de “tudólogos”, que fala e escreve sobre tudo, mesmo sobre o que desconhece? Só quem seja incompetente quanto aos aspectos técnicos, quem desconheça simplesmente, ou quem aja por má fé, pode defender o modelo agora enviado para o crematório.

[Read more…]

150-48=?

Diz o Governo, usando os oportunistas, que 48 mil docentes já concluiram ou estão a concluir o seu processo de avaliação.

Dando isso como verdadeiro, pergunto: então um governo maioritário consegue produzir um modelo tão fantástico que numa legislatura inteirinha só consegue avaliar menos de um terço dos Professores?

Tem a palavra o Dalby, esse exemplo de profissionalismo docente que, todos sabemos, não colocou os pés numa única!

NEM UMA sequer, Manifestação de Professores!

 

Cheira a bloco central

Ao apresentar as suas propostas sobre a avaliação dos professores o PSD deixou cair a suspensão da aplicação do modelo em vigor.

No mínimo estranho. A avaliação que ainda decorre além de patética varia conforme as escolas e a interpretação que os seus directores fazem das leis. Acabará na pior das hipóteses a entupir tribunais administrativos.

A não aprovação das propostas no sentido da suspensão, como ponto de partida para um novo modelo, seria um mau prenúncio, entre promessas eleitorais e realidade parlamentar. Para os lados do PSD parece que a lição está mal estudada. Ainda chumbam.

40 mil não são 150 mil

Diz o sr. Primeiro que a avaliação não pode ser suspensa porque temos que respeitar o trabalhos dos Professores e das Escolas, nomeadamente dos quarenta e tal mil professores que já foram avaliados.

Isto leva-me a uma pergunta retórica: então os outros cento e dez mil afinal não foram avaliados?