40 mil não são 150 mil

Diz o sr. Primeiro que a avaliação não pode ser suspensa porque temos que respeitar o trabalhos dos Professores e das Escolas, nomeadamente dos quarenta e tal mil professores que já foram avaliados.

Isto leva-me a uma pergunta retórica: então os outros cento e dez mil afinal não foram avaliados?