Picaretas falantes

(vídeo no final)

Hoje, final da reunião entre o ministro das Finanças e a delegação do CDS-PP para debater o orçamento de Estado.

Como manda o protocolo, os elementos do partido da oposição saem primeiro e falam à comunicação social. Depois é a vez do ministro das Finanças. Teixeira dos Santos é “atacado” por microfones dos jornalistas. Espetados, os receptores de áudio esperam grandes notícias. Neste momento, a alguns elementos da tropa da comunicação social só interessa uma coisa: que haja uma resolução. Querem uma grande notícia à viva força. Sobretudo os das televisões. Querem, querem não, exigem algo de concreto que sirva para alimentar os noticiários e debates dos três canais de notícias.

Teixeira dos Santos começa a explicar que não, não há ainda nada de concreto. Há conversas, apenas isso, mais ou menos adiantadas, mas nada de concreto.

Não pode ser. Alguns daqueles representantes da comunicação social não aceitam. Querem mais, mesmo que não haja mais.

Solução? Encharcar o ministro de perguntas, não dar um segundo de descanso. Duas senhoras em especial, fazem questão de se fazer notar. A cada palavra do ministro atropelam-nos com questões. Não se calam. Não querem respostas, querem é fazer perguntas. Não querem esclarecimentos, querem dar nas vistas, chamar a atenção. Autênticas picaretas falantes.

Eu, espectador, consumidor de informação, lamento informar estas excelências, que não é esta merda que quero.

Comments

  1. Luis Moreira says:

    Tens toda a razão.Ninguem percebe nada!

  2. Fernando Moreira de Sá says:

    É verdade Zé. E não estava lá a malta dos blogues (só a do Twitter, eheheeh) que hoje está um dia de merda…

Trackbacks


  1. […] This post was mentioned on Twitter by Blogue Aventar and Blogue Aventar, Jose Freitas. Jose Freitas said: Quando os jornalistas não passam de picaretas falantes: http://ow.ly/Ym0U […]

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.