Portucale, ou o que também vai acontecer ao processo Face Oculta

Vá lá, “31 meses depois de os arguidos terem sido acusados no âmbito de um inquérito que demorou quase tanto tempo a ser investigado como a entrar na fase final da instrução” começou o debate instrutório do processo Portucale, ou se quiserem do caso BES/CDS.

Como é natural os ex-ministros nem sequer são arguidos e estes mesmo que sejam condenados recorrerão até ao infinito, cumprindo eventualmente pena depois de atingirem a simpática idade de 102 anos, não houvesse uma prescrição pelo meio.

Valham-nos as escutas, as fugas ao segredo de justiça e o jornalismo de buraco de fechadura.

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.