Eutanásia:

No próximo dia 25 de Março a JP-Maia realiza um debate sobre a problemática da Eutanásia/Morte Medicamente Assistida. Fizeram o favor de me convidar para moderador. Ora, para começar a retribuir o amável convite, lanço já a discussão entre os nossos aventadoras(es) e leitores(as) e deixo as informações essenciais para prepararem a vossa agenda pois estão todos convidados:

A Juventude Popular da Maia realizará, no próximo dia 25 de Março, pelas 21h, um debate relacionado com o tema da Eutanásia – Morte Medicamente Assistida. O painel contará com personalidades do mundo político, médico-científico e religioso. Certos de que será um tema de elevado interesse geral, contamos com todos às 21h no Fórum da Maia.

Moderador: Fernando Moreira de Sá, profissional de Ciências da Comunicação
Orador: Dr. Rui Nunes, Presidente da Associação Portuguesa de Bioética
Orador: Pe. Jorge Teixeira da Cunha, Professor da Universidade Católica
Orador: Dr. João Moreira Pinto, Secretário Geral do CDS/PP Porto
Orador: Drª Laura Ferreira dos Santos, autora do livro “Ajudas-me a morrer? – a morte assistida na cultura ocidental do século XXI”

Localização (Google Maps): http://bit.ly/aAZRwM

www.jpmaia.org
geral@jpmaia.org

Comments

  1. Luis Moreira says:

    Prolongamento da morte, um assunto humano muito sério e um assunto económico na saúde insustentável!

  2. J. Mário Teixeira says:

    LM:
    Depende da perspectiva: o prolongamento da morte também é um bom negócio.

  3. Carlos Loures says:

    Fernando, espero que escrevas um texto (ou mais do que um), dando-nos conta das intervenções e conclusões de um debate sobre tema tão importante. Isto, desde que a tendência política de quem organiza não condicione as conclusões finais. Tu, como moderador, és uma garantia de que o debate será sério.

  4. maria monteiro says:

    Porque é que a Igreja é tão contra a “Morte Medicamente Assistida”? Porque é que se teima no prolongamento artificial da vida?
    Afinal há ou não há vida para além da morte? Dizem que sim … então deixem partir, para essa outra vida em plenitude, quem nesta vida já não sente vida

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.