Eutanásia:

No próximo dia 25 de Março a JP-Maia realiza um debate sobre a problemática da Eutanásia/Morte Medicamente Assistida. Fizeram o favor de me convidar para moderador. Ora, para começar a retribuir o amável convite, lanço já a discussão entre os nossos aventadoras(es) e leitores(as) e deixo as informações essenciais para prepararem a vossa agenda pois estão todos convidados:

A Juventude Popular da Maia realizará, no próximo dia 25 de Março, pelas 21h, um debate relacionado com o tema da Eutanásia – Morte Medicamente Assistida. O painel contará com personalidades do mundo político, médico-científico e religioso. Certos de que será um tema de elevado interesse geral, contamos com todos às 21h no Fórum da Maia.

Moderador: Fernando Moreira de Sá, profissional de Ciências da Comunicação
Orador: Dr. Rui Nunes, Presidente da Associação Portuguesa de Bioética
Orador: Pe. Jorge Teixeira da Cunha, Professor da Universidade Católica
Orador: Dr. João Moreira Pinto, Secretário Geral do CDS/PP Porto
Orador: Drª Laura Ferreira dos Santos, autora do livro “Ajudas-me a morrer? – a morte assistida na cultura ocidental do século XXI”

Localização (Google Maps): http://bit.ly/aAZRwM

www.jpmaia.org
geral@jpmaia.org

Comments

  1. Luis Moreira says:

    Prolongamento da morte, um assunto humano muito sério e um assunto económico na saúde insustentável!

  2. J. Mário Teixeira says:

    LM:
    Depende da perspectiva: o prolongamento da morte também é um bom negócio.

  3. Carlos Loures says:

    Fernando, espero que escrevas um texto (ou mais do que um), dando-nos conta das intervenções e conclusões de um debate sobre tema tão importante. Isto, desde que a tendência política de quem organiza não condicione as conclusões finais. Tu, como moderador, és uma garantia de que o debate será sério.

  4. maria monteiro says:

    Porque é que a Igreja é tão contra a “Morte Medicamente Assistida”? Porque é que se teima no prolongamento artificial da vida?
    Afinal há ou não há vida para além da morte? Dizem que sim … então deixem partir, para essa outra vida em plenitude, quem nesta vida já não sente vida

Deixar uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.