Freeport : O triângulo das luvas…

Freeport : investigadores ignoram novos índicios

A Sábado trás em exclusivo mais uma notícia sobre o Freeport, envolvendo num triângulo rigorosamente equilátero José Sócrates, Pedro Silva Pereira e Rui Gonçalves (ex-secretário de Estado do Ambiente no tempo do Ministro Sócrates).

Manuscrito revela eventuais subornos, o autor nega ter feito pagamentos, relata a revista e acrescenta: Em Janeiro, Sócrates, Silva Pereira e Rui Gonçalves estavam numa carta rogatória para quebrar os seus sigilos bancários em Londres. Mas a carta acabou por seguir sem os nomes”.

Ministério Público quis saber se Sócrates surgia nos movimentos bancários do BES Londres. Paes Faria e Vitor magalhães os investigadores do processo foram a Inglaterra e encontraram novos indícios contra José Sócrates.

Charles Smith terá telefonado para londres a pedir luvas para “gabinetes de ministros”. Rick Dattani, do Freeport, escreveu que Smith lhe pediu 2 milhões de libras para subornos.

O que falta? Foram enviadas duas cartas rogatórias para Londres e faltam as respostas; estão a fazer-se as reinquirições e preveêm-se mais arguidos ; relatório final; acusação, de onde poderão ser retiradas certidões para outras investigações.

PS: isto é tão interessante que a Sábado publica o exclusivo na página 58 com chamada à primeira página. Em letra pequenina…

Deixar uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.