Talvez seja miopia

(adão cruz - pormenor)

(Texto de Marcos Cruz)

Talvez seja miopia, ilude-me o coração.
A razão, que a pouco e pouco se esvazia, ainda me faz crer que eu nem com visão te via.
Dá-lhe jeito, ou não fosse ela a prisão de que fugiste e de que eu mesmo, a bem do peito, fugiria.
Se eu persisto na vigia é porque a ilusão não dorme e nada mais me concilia com a razão de ser da fome, sem a qual eu não vivia.
Assisto, cada dia, à erosão da forma, pensando que outra forma não haverá de chegar a ti.
Aí, se eu já não sentir, contentar-me-ei com a nossa ausência, eu e tu fora de tudo e de nós, mas nós.
Um lastro sumido entre o amor vazio e o único silêncio que, de viva voz, não fere o ouvido.
Um astro, um suspiro, um gemido.
A beleza em si.
Até lá não sou mais do que dúvida, mesmo se só respiro pela certeza de te querer aqui.
Tem sido essa a minha natureza, o ser e não ser de uma essência tesa, vincada, que por isso mesmo, e talvez por ti, nunca e sempre deu em nada.
Sou irmão gémeo dos sonhos que tenho.
Começo e acabo a meio.
Resta-me pensar que, no fim, me unirei a ti.
Daqui, olhando em vão, vejo que nada nos juntará, um dia.
Mas, desilude-me a razão, talvez seja miopia.

Comments

  1. graça dias says:

    “talvez seja miopia “- penso que depois da analise dos posts publicadops nos blogues pela da familia cruz . é mesmo miopia familiar.

  2. Marcos Cruz says:

    Eu não devia perder tempo consigo, eu sei que não devia. Já estive para lhe escrever a propósito de comentários deselegantes sobre os textos do meu pai, de quem parece ser acérrima detractora. Não sei que mal lhe fez ele, nem quero saber. Sei, isso sim, que não a conheço de lado nenhum. Daí que, quando fala em miopia como um problema “da família Cruz”, eu tenha vontade de lhe perguntar se me está a ver de óculos. Admiro, confesso-lhe, a capacidade de sacrifício que demonstra na assiduidade com que lê textos que tanto repudia. Mas isso não me inibe de lhe dar um conselho: já que, deduzo, não é míope, não perca tempo connosco e olhe para as coisas boas da vida. Vai ver que os seus dias terão mais graça.

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.