Angola nervosa com o que se passa nos países árabes

A convocatória para uma manifestação em Luanda no próximo dia 7 deste mês pôs a rapaziada emepêlista de dedo próximo do gatilho e mão no cassetete.
A convocatória, aparentemente anódina e pouco estruturada, foi o suficiente para que o MPLA anunciasse uma contra-manifestação e redobrasse a presença policial, e fez  ainda com que o secretário geral do partido viesse a terreiro afirmar que não se pode confundir o que se passa no Magrebe com a situação angolana.
Não se pode confundir mas pode-se comparar e, comparando caso a caso, item a item, Angola não sai melhor na fotografia, antes pelo contrário.
Mas, se ficam nervosos apesar de não reconhecerem as razões, melhor fariam em arrepiar caminho. O dia da sua queda já esteve muito mais longe, é só uma questão de tempo. Tempo que vão utilizar para continuar a enganar o povo que os há-de apear quando, um dia, uma convocatória ou um incidente servir de rastilho e o sangue voltar a jorrar. Burro velho não aprende línguas.

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.