O Aventar censura e protege governantes e políticos

Por FRANCISCO GOMES

1) Tendo ja submetido à censura do Aventar por DUAS vezes um comentario à conduta do Passos Coelho e seu governo com 11 itens, cujo titulo é “O NOVO CARGO MR (MOÇO DE RECADOS VEM SUBSTITUIR O ANTIGO CARGO DE PM (PRIMEIRO MINISTRO) e que foram publicados no seu mural e no do Cavaco e foi a partir de um destes que alguem o terá lido e que me deu a conhecer o Aventar e fiquei satisfeito por ter esta oportunidade. me parece a minha intervenção dura mas eficaz e justa e oportuna e necessaria nas criticas que faço mas com respeito, sem ofender nem insultar ninguem.nem difamando ninguem, nem dizendo mentira nenhuma, trata-se de um pensamento revoltado de tanta injustiça e incompetencia numa sequencia de governos com uma gestão destruidora da qualidade de vida dos portugueses. Sou médico, considero-me um privilegiado mas vivo intensamente e indignadamente o que se esta a fazer ao povo portugues com um objetivo claro de o neutralizar e o levar á pobreza, contrastando com
o
enriquecimento impune e constante dos politicos, por isso nada vejo de errado no mesmo e se quem faz a seleção tem uma intervenção de censura tão pesada e está precoupado em defender quem nos provoca e nos vai destruindo então o meu desejo de participar neste site se anula ja que este comentario não foi publicado por isso terá sido considerado como lixo ou ofensivo, quando não o é. Tem neste site publicações bem mais “agressivas”

2) Tendo submetido tambem à censura do Aventar o comentario “PAULO PORTAS CAUSA PANICO NO IRÃO” que me parece estar muito fresco, oportuno, inteligente e com muito humor,não insulta nem ofende nem DIFAMA ninguem, ne diz nenhuma mentira em relação ao Portas, o mesmo terá sido por vos censurado DE NOVO e sendo isto verdade, agradeço me esclareçam porque tal censura e que sejam quais forem os Vossos motivos (ja que em cima mencionam os motivos porque se reservam o direito de não publicar algum comentario), considero que nenhum deste dois comentarios se enquadra nas razões que Voces invocam para eliminar um comentario

Confirmando-se estas duas censuras desisto então de ler ou de participar no Aventar e agradeço que retirem a minha publicação ” AS TRES PERGUNTAS A QUE MARCELO NÃO QUER RESPONDER…” tanto mais que acho INCRIVEL que os comentadores das publicações, podem faze-lo livremente e impunemente sem qualquer censura quer:

A) não revelando ou escondendo suas identidades, usando nomes ficticios
B) e dessa forma tambem e cobardemente, ofendem e insultam e difamam quem publica os comentarios de uma forma impune fazendo juizos de valor de pessoas que não conhecem de lado nenhum mas são individuos que vivem fazendo isto, ofendendo e dizendo mal de tudo e de todos, tal como devem fazere com vizinhos, familiares e colegas de trabalho a vida inteira, não construindo nada e tentando destruir o que os outros constroem

PERGUNTO QUE CRITERIOS SÃO ESTES ENTÃO?

SE O AVENTAR ESTÁ AQUI PARA PROTEGER GOVERNANTES E POLITICOS (ALGUNS DELES) SEM VERGONHA E SEM ETICA E SEM MORAL EE NÃO INTERESSA O PARTIDO, ENTAO NAO EXISTE LIBERDADE DE EXPRESSÃO NESTE BLOGUE COMO SE DIZ.

Aguardo Vossas prezadas explicações.
Ao dispor,
Francisco Gomes

Nota do Aventar: O texto a que alude o nosso leitor, «NOVO CARGO MR (MOÇO DE RECADOS VEM SUBSTITUIR O ANTIGO CARGO DE PM (PRIMEIRO MINISTRO)» foi por nós recebido na sexta-feira, 2 de Dezembro. Teria de ser editado antes de ser publicado por razões facilmente perceptíveis. Para além disso, todos nós trabalhamos durante a semana, razão pela qual temos direito ao fim-de-semana para descansar.
Pelos vistos, isso é censura e protecção aos políticos e governantes, neste caso Pedro Passos Coelho. Sim, confessamos, nós aqui no Aventar fazemos tudo para proteger o nosso primeiro-ministro.
Quanto ao texto em questão, será publicado logo que puder ser editado convenientemente. Se assim o entendermos, como é óbvio, já que não abdicamos dos nossos critérios editoriais e das nossas escolhas.

Comments

  1. FRANCIS says:

    Estranho que com esta intervenção apenas pedi esclarecimentos aos responsaveis pela seleção dos comentarios enviados e fui claro que não pretendia a publicação deste texto, pelo que a minha vontade não foi respeitada e não entendi qual o objetivo desta publicação quando se pretendia que fosse pessoal e confidencial tanto mais que não gosto de provocar polémicas e, neste caso pretendia como disse ser apenas esclarecido.

  2. Ricardo Santos Pinto says:

    Não, não fica nada claro do seu texto que pretendesse a sua confidencialidade. Aliás, da sua parte nem haveria motivo para tal, visto que o acusado é apenas o Aventar.
    Quanto aos esclarecimentos, penso que estão dados. O Aventar não censura, o Aventar publica ou não publica segundo critérios que são seus.

    • Francisco Gomes says:

      não ve onde refiro que este texto é um pedido de esclarecimento e que não é para publicar PORQUE ESSA PARTE EM QUE ESCREVI A PEDIR PARA QUE NÃO FOSSE PUBLICADO PORQUE ERA UMA CONVERSAS INTERNA Porque essa parte que escrevi foi apagada porque quem leu e censurou o texto e o titulo não é da minha autoria, é tambem de quem publicou isto CONTRA minha vontade e desrespeitando a minha vontade

      • Ricardo Santos Pinto says:

        O título é da autoria do Aventar. O texto que enviou foi publicado integralmente – a parte a que se refere não passa de uma nota sua em que diz, por outras palavras, que não faz questão que este texto seja publicado porque só está a pedir esclarecimentos. Foi como o entendi.
        O Aventar não censura e a prova está neste post descabido que acabamos de publicar. E por favor pare de escrever com maiusculas: não é de gente civilizada andar aos gritos na casa dos outros.

        • Francisco Gomes says:

          Escrever em maisculas não é gritar nem disicutir com ninguem. É apenas uma forma de expressão que nos foi ensinada na escola e que pode e deve ser utilizada, nomeadamente, para evidenciar ou destacar determinadas situações e NUNCA, pelo menos da minha parte para atingir ou provocar alguem, portanto comentario descaido e ridiculo. E foi precisamente com maisculas que referi o objeticvo deste txto e que penso foi o senhor que o censurou e apagou : quando escevo no texto que lhes enviei em maiusculas “QUE É APENAS UM PEDIDO DE ESCLRECIMENTO E DIRIGIDO EXCLUSIVAMENTE AOS RESPONSAVEIS DO AVENTAR E QUE NÃO SE DESTINA A SER PUBLICADO”, há apenas UMA interpretação e é muito CLARA, aqui não há “por outras palavras” como diz, O que o senhor fez (caso tenha sido o senhor) foi manipular um texto, apagando o seu objetivo e publicando o memo CONTRA a minha vontade e CONTRA a minha autorização. E ao apagar esta parte do texto teve por objetivo único enganar e induzir os leitores em erro. caso contrario, não existiriam aqui alguns comentrios. Se a frase acima que o senhor apagou não é suficientemente esclrecedora para si, tem que começar a ler o que está escrito e não o que interpreta da maneira que lhe convem. Mas se ha algo que não pretendo é criar aqui guerras ou discussões futeis, porque preocupntes são os governantes e os problemas que o pais enfrenta, Penso que fui tambem claro nessa exposição que caso os Vossos esclarecimentos fossem de encontro ao que eu penso, “SOLICITO QUE SEJM RETIRADAS TODAS AS MINHAS PUBLICAÇÕES E COMENTARIOS” DE IMEDIATO porque, de fato tenho razões para ficar preocupado.
          MANIPULAR um texto APAGANDO A INTENÇÃO DO MESMO para que não seja vista, ADULTERANDO desta forma o seu objetivo e INDUZINDO os leitores em erro INCLUINDO UM TITULO (que não é meu e completamente sem nexo) e, finalmente, publicando o mesmo SEM MINHA AUTORIZAÇÃO, DEpois disto e não satisfeito o senhor ainda diz “este post descabido” e dou-lhe razão porque o senhor assim tornou est situação Este tipo de procedimentos é carateristico dos politicos e desses esto eu farto seja qual for o quadrante, Não sei se é politico ou não, mas o que é lamantavel é que tenha assumido o meu pedido de esclarecimento como uma critica e para se “vingar” toca a adulterar e a publicar o texto O pluralismo e a democracia não prevêm tais procedimentos, por isso repito publicamente faça o favor de RETIRAR de IMEDIATO o meu nome, comentaios e pulicações deste blogue “AVENTAR”


          • O que lhe ensinaram na escola aplica-se a textos escritos em papel. Na net maiúsculas equivale a berrar. Uma das razões porque não viu de imediato os seus textos publicados é precisamente essa: teriam de ser editados. porque o senhor grita linha sim, linha não.
            Quanto a esta sua missiva parece que ainda não reparou numa coisa: a acusação que fez é falsa e insultuosa. E quanto a apagar, se ainda não percebeu, na net não se apaga nada: o que aqui foi publicado já tem cópias em muitos locais.


          • Sim, eu sou um grande censor. E sim, eu sou um político. E V. Exª não enviou para publicação, pelo Aventar, 4 ou 5 textos nos últimos dias.


  3. Eu já perdi a conta aos meus comentários que “desaparecem” aqui no Aventar…Um dia destes fazem como o Putin nas eleiçoes russas, só que em vez de mandarem um autocarro cheio das (mesmas) pessoas que vai circulando por varias assembleias de voto para que pareçam muitos e consigam uma “maioria”, arranjam uns quantos “comentadores convidados” para fazer os, claro está, comentários… Assim sempre parecem muitos.

    Já agora, como se consegue o estatuto de “bloguer convidado”? Porque quando vos mandei um pequeno texto meu em que tentava fazer uma piada com uma das noticias desse dia, Apareceu como se fosse da vossa autoria e só consegui provar que o texto era meu, porque o tinha publicado no meu blog minutos antes de o enviar, mesmo por já estar a prever “macacada”. Embora já nem me lembre quem foi o esperto que assinou como se fosse de sua autoria. Parece que o Aventar funciona através do Factor C, só publica quem consegue cunha!

    Já agora, todos os comentários que eu faço, não interessa se estão a ofender ou a difamar algum dos corruptos que governa Portugal, ou se por acaso aborrecem a tia materna, a vizinha ou a avózinha do Passos Coelho, visto que todos os meus comentários estão devidamente identificados, portanto, as consequências, se as houver, serão minhas e não do Aventar.

    Portanto, deixem-se de esperteza saloia, como a que fizeram no outro dia, onde censuraram o meu primeiro comentário, com algumas trezentas palavras mas depois publicaram o seguinte com duas frases onde eu me queixava do “apaganço” e escrevia que aos reaccionários nunca esquece o uso do lápis azul.

    É que assim tentam fazer passar os outros por malucos, visto que só publicam as queixas mas nunca os comentários originais e quem está a ler pensa imediatamente que nunca censuraram nada.

    Esperteza saloia a vossa!

    • Ricardo Santos Pinto says:

      José Marques, no Aventar os comentáriossão publicados de imediato, ao contrário da maior parte dos blogues, em que existe moderação.
      E falando por mim, nunca até hoje elimei um comentário no Aventar. Posso dar-lhe como exemplo este post, em que fui insultado de tudo. E a regra no Aventar é essa.
      Se alguém já eliminou comentários seus, embora seja uma atitude excpecional, é porque teve razões para isso. Ao José Marques não lhe interessa se está ou não a difamar alguém (insultar é outra coisa), mas ao Aventar interessa, sobretudo se usa sempre os termos que utilizou neste comentário.
      Quanto ao resto, é óbvio que só publicamos aquilo que entendemos que devemos publicar. E se há textos seus que não foram publicados como «Blogger Convidado» é porque considerámos que não havia razão para a sua publicação. Afinal, o blogue ainda é nosso e ainda somos nós que estabelecemos os critérios editoriais. Afinal, se já foi publicado noutro blogue, para quê publicar no Aventar?
      A sua acusação de plágio nem devia merecer resposta. Quando publicamos algum Blogger Convidado, fazemo-lo através da nossa própria conta. E se não mudarmos uma pequena opção que existe no fundo da página, o texto aparece como sendo nosso. Às vezes, esquecemo-nos. Pessoas que nunca se enganam, em Portugal, só há uma (para além do José Marques, claro). E acredite, nós no Aventar não temos qualquer interesse em ficar com textos que são seus.
      Factor C? Não acredite nisso. Não somos assim tão importantes. Somos apenas uns espertos saloios que andamos por aqui. No fundo, uns reaccionários – tanto os que votam no CDS como os do PSD e os do PCP.


    • Com já lhe expliquei, e repito, foi publicado porque o meu colega recebeu o mail e não se apercebeu da sua origem. Tanto mais que posteriormente fez a devida correcção e lhe pediu desculpa. Ainda não chega?


  4. Discordo totalmente! E falo por experiência própria. Já apresentei no Aventar posts e comentários que sei terem sido completamente contrários às opiniões de alguns dos responsáveis do Aventar e, no entanto, sempre fui publicada e, sobretudo, sempre fui muito respeitada!

    E ainda bem que o Aventar tem regras próprias! Seria um autêntico descalabro se assim não fosse!

  5. MAGRIÇO says:

    Embora só há relativamente pouco tempo tenha tido acesso ao Aventar, nunca me apercebi de qualquer censura. Pelo contrário, uma das coisas que mais me agrada nesta página é a pluralidade de opiniões e de sensibilidades políticas dos bloguers. Pelo que escreveu, sinto alguma empatia com o Francisco Gomes mas não posso, no entanto, deixar de referir a sua pouco simpática referência a quem usa pseudónimo (há várias razões para isso que importa respeitar) mas depois verifica-se que, afinal, também usa o pseudónimo de “Francis”. Se o recurso ao insulto é condenável a falta de coerência na crítica é deselegante.

    • Francisco Gomes says:

      O meu nome FRANCISCO GOMES aparece publicado SEMPRE assim como o meu email, FRANCIS não é mais do que uma abreviatura de Francisco e aparece porque é o que está na minha pagina do facebook que pode ser consultada por qualquer. Quem utiliza pseudonimo (por motivos pessoais que respeito mas não entendo porque penso que o SIS não nos vai prender) merece ser respeitado se respeitar os outros e se reparar normalmente o que fazem essas pessoas (e será essa a razão porque ocultam suas identidades) é ofender, insultar e fazer juizos de valor dos outos sem nos conhecer de lado nenhum (veja o caso do “tiro ao alvo” que tive o cuidado de o esclarecer e depois me ofende ainda de forma mais grave. o que contesto aqui é que para publicar um blogue somos censurados e neste caso parte do texto em que manifesto claramente que não é para sert publicado foi APAGADO e o titulo desta publicação que NÃO deveria ter sido publicada NÃO é da minha autoria, ou seja existe uma “carta” minha que é enviada APENAS ao Aventar e que é ABUSIVAMENTE adulterada e publicada. E quanto aos comentarios sobre as nossas publicações somos insultados e ofendidos e não ha qualquer proteção nem censura do Aventar. SE o Aventar está aqui para proteger apenas o “nosso” primeiro ministro que não nos protege a nos, então o Aventar não é o que eu pensava e não quero fazer parte disto porque de politicos estou eu farto e de censura NAO OBRIGADO!!!!! e repito não foram corretos com esta minha exposição, ADULTERAM o texto e publicam CONTRA minha vontade.

      • Ricardo Santos Pinto says:

        Deixe-me ver se entendi: se não publicamos todos os textos que nos chegam, é porque estamos a censurar. Ou seja, quando envia uma carta para a «Coluna do Leitor» de um jornal e a mesma não é publicada, é porque o jornal está a censurá-lo. Brilhante!
        De resto, a sua coerência em relação à censura é brilhante. Diz que o Aventar pratica censura, mas logo a seguir queixa-se por nãso censurarmos os comentários e por qualquer um poder comentar aqui livremente. Duplamente brilhante!
        Quanto à acusação de estarmos aqui para proteger o Primeiro-Ministro, essa é fantástica. Eu, comunista, tenho o maior interesse, como deve imaginar, em proteger o nosso primeiro-ministro. E os meus colegas comunistas e bloquistas também. Aliás, o filme que fiz com as mentiras descaradas de Pedro Passos Coelho nos últimos 2 anos – se ler o Aventar e olhar para a coluna do lado direito, poderá vê-lo, bem como um outro vídeo sobre o escândalo que é o Plano Nacional de Barragens – é a melhor prova de que o Aventar está aqui para protger o nosso primeiro-ministro.
        É bom, para o Aventar, ter leitores com o seu discernimento.

        • Tiro ao Alvo says:

          Com esta não contava eu, vir agora este Sr. Francisco Gomes, que diz ser médico, queixar-se de que eu o insultei, quando apenas lhe chamei invejoso, por assim me pareceu, tendo em conta a forma como ele se referiu ao Marcelo Rebelo de Sousa, quer inveja do dinheiro (muito) que ele ganharia (e ganha), quer das suas capacidades intelectuais. Ofender, ofendeu-me o Francisco Gomes quando, em resposta, me chamou desonesto e parcial, insinuando que eu andava por aqui ao serviço de um partido político. Além disso, por assinar os meus comentários com um pseudónimo, chamou-me covarde.
          Agora, como se pode ler, anda por aqui aquele senhor a pregar moralidade, insurgindo-se contra o critério editorial do Blogue. Por mim, que raramente concordo com o Ricardo Pinto, entendo que dizer que neste blogue há censura, parece-me – como é que eu hei-de dizer? -, um desaforo. Mais: às vezes, penso que até devia haver, sobretudo quando alguns comentadores passam além de um certo limite.
          Portanto, considerando eu que o Sr. Francisco Gomes não tem razão, a verdade é acho nele qualquer coisa de estranho: dizendo o Senhor que trabalha por dia entre 14 a 16 horas, como é que ele arranja tanto tempo para andar aqui a chatear o pagode?

      • MAGRIÇO says:

        Caro Francisco, como disse no meu anterior comentário, por o que se pode inferir da sua exposição até simpatizo com aquilo que parece ser a sua visão política da nossa sociedade, mas é minha convicção que se está a alimentar um mal entendido lamentável, cuja origem desconheço mas certamente um mal entendido.A sua participação nestas páginas julgo que é tão bem vinda como qualquer outra que respeite as opiniões aqui expressas. E, por favor, não generalize quanto à participação de quem usa pseudónimo: não é o SIS que me assusta nem nunca aqui leu qualquer comentário meu com recurso ao insulto ou ao desrespeito por outras opiniões. Aliás, é a pluralidade de opiniões que torna interessante o diálogo, não o unanimismo. E, meu caro, o meu endereço de email também consta dos dados do Aventar. Por isso a reserva da minha identidade é meramente formal. Cordiais saudações.

  6. jorge fliscorno says:

    Falar de censura na idade da net/blogosfera é ridículo. Só não é publicado quem não quiser: basta fazer um blog.

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.