Prendas de Natal de Coelho e de Portas

A política de saúde de Coelho, a despeito do simulacro de consulta pública da ‘Reforma Hospitalar’, tem estado activa através de obscenos aumentos de taxas moderadoras. Contudo, o ministro-contabilista Macedo ainda se atreve a declarar:

Gostaria que em 2012 todos os portugueses tivessem acesso a um Serviço Nacional de Saúde (SNS) universal e com qualidade.

Discurso hipócrita, falso. Eu e muitos doentes crónicos, de cardiologia, não tivemos possibilidades de aceder a consultas em S.Francisco de Xavier, Lisboa, desde Junho  até final deste ano. Naturalmente, que as palavras de Macedo ainda mais revoltados nos deixam.

Mas há mais. Curioso que, graças a Joaquim de Oliveira, da Olivedesportos, os hospitais públicos vão ter o serviço da SPORT TV gratuito. Ou seja, faltam consultas e cuidados de saúde, mas temos futebol e Paulo Macedo, desta feita eufórico, afirmou:

[A Sport TV] Vai tornar melhor a estadia dos doentes nos hospitais, proporcionando-lhes momentos lúdicos e até de distracção.

Eu, experiente em internamentos, estou a imaginar um doente entubado, com a agulha do soro no braço e de algália, a saltar na cama e gritar de alegria com o golo do Benfica, do F.C.Porto ou do Sporting. Assim, já vale a pena pagar taxas mais altas. E a produtividade de enfermeiros e assistentes operacionais vai disparar.

Todavia, como beneficiamos de um governo realmente preocupado connosco, em especial com os mais frágeis, satisfez-nos saber que a duração do subsídio de desemprego poder ter quebras até 75%. O ‘CDS’ Audi Soares que não quer ficar atrás do Macedo.

São estas algumas das ‘Prendas de Natal’ de Coelho e de Portas! Porreiro! As restantes serão distribuídas ao longo de 2012.

Comments

  1. Fernando Torres says:

    Deixo aqui duas sugestões, nesta capítulo da emigração, tudo na sequência dos conselhos dos nossos doutos ministros:
    Mala de Cartão 1984, por Linda de Souza: http://www.youtube.com/watch?v=pmBlZKESmks
    Verde Vinho – Paulo Alexandre: http://www.youtube.com/watch?v=8ULHzV97Vds
    Que belos presentes para entregar aos nosso governantes nesta noite!

  2. Margarida Alegria says:

    Incrível e hipócrita mesmo!… Por este andar serão (e bem) corridos!
    Boas festas a todos no Aventar!

  3. Beirão says:

    Mas onde irá, então, este governo arranjar ‘massa’ para que tenhamos uma saúde de primeiríssima qualidada e gratuíta para todos, estando o país no triste estado em que o criminoso do Sócrates e a sua quadrilha o deixaram, isto é, na bancarrota?
    Vejo que o pessoal não mete na mona que quem manda realmente na ‘piolheira’ é quem nos vai adiantando aos bochechos o dinheirinho para os salários, as reformas e as pensões ao fim do mês, ou seja, a querida troica. O resto são baboseiras.

    • gomes says:

      Este Beirão continua com palas. E porque nunca o vi fazer uma referencia aos muitos roubos que os politicos e seus apaniguados do PSD e CDS, de PR a Ministros passando por baqueiros? que roubaram e continuam a roubar este povo?

  4. LUIS SANTOS says:

    AINDA ME CUSTA ACREDITAR QUE EXISTA GENTE TÃO PEQUENINA, MESMO ESTANDO A SOFRER NA PELA A DESGOVERNAÇÃO DE UM DESGOVERNO QUE TEM à sua frente um miúdo que se ( licenciou ) aos 37 anos com uma sede de protagonismo e uma necessidade de alimentar um ego vazio de tudo o que podía ser valores, COMO ALGUNS COMENTADORES QUE TEIMAM EM CULPAR O EX-GOVERNO PARA DESCULPABILIZAR ESTE. NÃO VOTEI NUNCA SÓCRATES, MAS ESTE JAMAIS O FARÍA, POIS NÃO ACREDITO QUE GENTE CAPITALISTA, E UM PARTIDO DE MAGNATAS EXPLORADORES ALGUMA VEZ VIESSEM A TER PREOCUPAÇÕES COM UM POVO QUE JÁ HOJE SENTE OS EFEITOS, DO ÓDIO, E DA VINGANÇA DE UMA RAÇA QUE NÃO FOI EXTREMINADA O QUE FOI PENA. O SRº BEIRÃO DEVE SER MESMO UM BARÃO MAS NÃO ME VOU CANSAR A COMENTAR O SEU VÓMITO DE RAIVA E EXTRUTOR

  5. maria celeste d'oliveira ramos says:

    Luis Santos – que tal escrever sobre o então primeiro ministro e seu governo em 1986 (entrada CEE) e não sendo o ideal, é pelo menos um bom ponto de partida para se focarem situações importantes que oenso estararem na origem mais nítida do que se passa hoje, e e chegar por fim à “troica” – gostava de ler algo sobre este período de delapidação de dinheiros de subsídios, e dinheiros nacionais, de pessoas envolvidas e dos locais do seu trabalho extinguidos e, como tudo foi água abaixo, e não bater sempre no mesmo ceguinho, por mais “cego” que tenha sido, porque nem sequer há só um

  6. mortalha says:

    essa da sportv foi um golpe publicitário fabuloso. bom timing, simples e acaba por ficar mais barato do que anúncios da tv ou promoções. que grandes beneméritos!

Trackbacks


  1. […] em que lhes baixam salários, onde são obrigados a dar mais dias de trabalho por ano, onde a saúde e educação são bombardeadas, entre muitos outros abusos, naquele mesmo país em que os […]

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.