Como disse??????


RTP – BOM DIA PORTUGAL – 2011.12.27

Comments

  1. Isto é genial… Tenho a certeza absoluta que o pessoal que teve acidentes este ano foi só para fazer pirraça com a polícia.

    “Ó Miquelina, segura aí no bebé que eu vou-me espetar naquele eucalipto só para arruinar a operação Natal aos gajos”

  2. anónimo says:

    eu acho que isto demonstra à saciedade os energúmenos que temos nas nossas forças policiais!!!

  3. CARO SÉRGIO,
    ISTO É GENIAL… TENHO A CERTEZA QUE O PESSOAL ALCOOLIZADO E/OU COM EXCESSO DE VELOCIDADE QUE TEVE ACIDENTES ESTE ANO FOI SÓ POR VONTADE DE VIVER.

    CARO ANÓNIMO,
    EU ACHO QUE ISTO REPRESENTA À SACIEDADE OS ENERGÚMENOS QUE TEMOS NAS NOSSAS ESTRADAS E LEMOS NAS CAIXAS DOS COMENTÁRIOS.

    NÃO SE ESQUEÇAM DE NÃO TEREM VONTADE DE MORRER.

    • E os que foram albarroados? E os que iam no lugar de passageiro?

    • anónimo says:

      caro j.m.

      presumo que a sua ironia de papagaio se prenda com a questão, extremamente relevante para a segurança rodoviária, do porquê de não existir uma lei que obrigue os fabricantes de automóveis a limitar a velocidade dos seus veículos. isto por um lado.
      porque relativamente aos alcoolizados, por outro lado, imagino que a sua ironia se prenda com o facto de um parente seu ter morrido na estrada por ter pegado no carro na noite de natal para se dirigir a casa com mais do que 0,2% de alcool no sangue (desculpem qq imprecisão científica).

    • Tem toda a razão, caro JM. Nem vou argumentar com uma pessoa que por ser um super homem do volante e por cumprir escrupulosamente o código da estrada está imune a acidentes e, automaticamente, a discursos moralistas de polícias idiotas. Se eu for abalroado por um camião TIR a culpa é minha porque não colaborei (é óbvio que isto jamais acontecerá ao JM que, com a sua condução extraordinária e sobre-humana consegue antecipar todas estas situações).

  4. Aquele senhor, com os ombros já pesados com tanta fita dourada, deve-se ter esquecido de diferenciar aqueles que, de facto, não quiseram manter-se vivos, daqueles que morreram por causa daqueles que se estão a borrifar na sua vida e nas alheias e ainda outros que por desleixo ou omissão se esqueceram de sinalizar, manter, prever, construir vias o mais seguras possíveis, lapso indesculpável em quem tem obrigação de saber diferenciar entre um desastre e um acidente.

  5. anónimo says:

    aaahhhh!!! eu bem me parecia que havia uma razão para os erros de construção, manutenção deficiente e erros de sinalização nunca aparecerem como responsáveis pelos acidentes! afinal, temos as melhores estradas do mundo, en125 e ip4 – as mais famosas, os condutores é que não colaboram!!!

  6. maria celeste d'oliveira ramos says:

    E para terminar os portuguses continuam a ser os mais “desastrados” da europa e continuam de carta na mão – e há quem nem a tenha

  7. De acordo com o código da estrada,
    O trânsito de veículos nas vias públicas, deve fazer-se com velocidade adequadamente moderada nos seguintes locais:

    Na aproximação de passagens assinaladas para a travessia de peões.
    Junto de escolas, creches, hospitais e estabelecimentos similares, quando devidamente sinalizados.
    Nas localidades ou vias ladeadas por edifícios.
    Na aproximação de aglomerações de pessoas ou animais.
    Nas descidas de forte inclinação.
    Nas curvas, cruzamentos, entroncamentos e lombas de estrada de visibilidade reduzida.
    Onde o pavimento esteja em mau estado de conservação, molhado, enlameado ou que ofereça precárias condições de aderência ou de visibilidade.
    Na presença de um sinal de perigo.
    Nas pontes, túneis e passagens de nível.

    Sublinho:
    Nas descidas de forte inclinação.
    Nas curvas, cruzamentos, entroncamentos e lombas de estrada de visibilidade reduzida.
    Onde o pavimento esteja em mau estado de conservação, molhado, enlameado ou que ofereça precárias condições de aderência ou de visibilidade.

    Quantas pessoas conheceremos que cumpram estas regras?
    Para que serão precisos limitadores de velocidade nos automóveis se estas regras forem cumpridas?

    – Por favor não ler este meu comentário como um branqueamento das condições das estradas Portuguesas, antes como a constatação do quão mal se conduz em Portugal (eu sei que é preciso explicar tudo muito direitinho!). Obrigado

    • anónimo says:

      leio esse comentário como a constatação do quão mal o j.m. conduz em portugal… porque não devemos falar dos outros sem a nós nos referirmos.
      por exemplo, também creio que vem no código de estrada que a velocidade máxima nas autoestradas é de 120 km/hora: o j.m. quer-nos convencer que nunca conduziu numa autoestrada a uma velocidade superior?
      ou quando o fez achava que se porventura morresse devido a um acidente era muito bem feito porque estava a pedi-las?
      há gente que não se manca…

  8. Alfredo says:

    Seria interessante saber a percentagem de acidentes nas ex-scuts e nas respectivas vias “alternativas”…

  9. anónimo says:

    a solução está debaixo do nosso nariz…

  10. Konigvs says:

    Bem o vídeo tem 19 segundos não sei o que é que o homem depois disse a seguir e como tal as palavras podem estar meias deslocadas e ele a seguir pode-se ter explicado melhor mas em princípio meteu os pés pelas mãos, nada que não estejamos habituados a comentários vindo dos senhores da polícia.

    Malandros desses condutores que morrem só para nos estragar as estatísticas!

  11. Ernesto Alves says:

    Falta a identidade do estúpido que afirma tais disparates.

  12. O sr. guarda tem alguma razão mas dizê-lo daquela forma, é como quem conduz a 120 numa pista de gelo…

  13. Huguinho says:

    ele só falou dos mortos nesta operaçao natal presumo e saberá melhor que nós as condições em que ocorreu os acidentes. Mas ainda bem que o suicidio por cá não é desculpa para as companhias de seguros nao pagarem senão…

  14. J.C.Nogueira says:

    Lamentável! Também pudera. Eles estão de consciencia tranquila pois na maioria estavam escondidos em carros comuns com radares em punho…

Deixar um comentário

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s