Vivam Apenas

Sejam bons como o sol

Livres como o vento

Naturais como as fontes (…)

E, principalmente, não pensem na morte (…)

Vivam, apenas,

A Morte é para os mortos.

(José Gomes Ferreira, 1934)