Cristiano Ronaldo…

…fez aquilo que se esperava dele, mostrou o jogador que é e calou os seus detratores no sítio certo: o campo ( ou, então, aprendeu a jogar futebol do dia para a noite, depois do jogo com a Dinamarca).

Hoje, e até ao próximo jogo, é bestial e toda a gente gosta dele desde pequenino. Quando passará novamente a besta?

Comments

  1. Pedro Marques says:

    Para mim nunca deixou de ser.


  2. Por jogar (muito) bem um jogo já passa a bestial?
    O meu desgosto pessoal pelo Ronaldo não são tanto pelo que joga, mas pelo resto.

    • A. Pedro says:

      Jogar muito bem UM jogo?
      Ó Nightwish, deve estar a gozar comigo ou consigo. Um jogo? O Ronaldo?
      A seguir vai dizer que o Messi ou o Neymar também só jogaram bem um jogo, vá lá, dois.
      O “resto” é o que menos me importa num jogador de futebol, ou num artista, ou médico, ou professor, etc., quando estou a falar de qualidades profissionais.
      Não vejo o que é que o “resto” interfere com o profissional que joga quase sempre bem (ninguém, na história do futebol, jogou ou jogará sempre bem), treina como ninguém, entrega-se completamente â profissão apesar do estatuto e de já ter ganho mais do que alguma vez poderá gastar, raramente se lesiona apesar das faltas dos adversários, tem uma vida privada de acordo com as exigências da profissão, é constantemente vigiado e pressionado por adeptos, fotógrafos e jornalistas, etc. Diga-me lá qual é o problema do “resto”?

  3. Luís says:

    Eu prefiro destacar o trabalho do meio campo, incansável e, surpreendentemente, com uma técnica e visão de jogo que eu julgava que não estava ao alcance dalguns desses jogadores!
    O sacrifício dos laterais, sempre “acima e abaixo”, e a dupla de centrais a mandar!
    O Nani e o Postiga deram tudo e andaram por todo o lado onde faziam falta.
    Todos eles, à custa de poder físico, capacidade de antecipação e de um elevado nível técnico, empurraram sempre que quiseram a Holanda para o seu meio campo.
    Não foi a equipa que esteve ao nível do Ronaldo mas foi o Ronaldo, que ontem, esteve ao nível da equipa.
    Ao contrário dos dias anteriores!
    Mas o marketing tem destas coisas!


  4. O Ronaldo tem um grande problema de aceitação por parte dos tugas “opinativos”… Visceralmente faz-lhes espécie que um tipo tão bem tratado pela sorte (?) seja também brusco, inconstante e até antipático quando lhe apetece… Seria muito mais bem visto se fosse cordato, “simpático”, politicamente correto, e enfim, um hipócrita esperto e sacana como tantos outros!
    Como ele se está a borrifar – atitude que subscrevo – anda assim entre o besta e o bestial de semana para semana numa lógica que tem muito mais a ver com os nossos traumas nacionais e pessoais do que com performance desportiva.

  5. maria celeste ramos says:

    Afinal foi Ronaldo que abriu a porta para que outros quizessem e fizessem por ser tão bons ou melhores do que ele e deu um pontapé para cima no futebol mas teve de sair daqui para ser valorizado – foi o seu amor a ser o melhor que arrastou Messi e agora Iniesta – ser pioneiro é uma xatice mas há sempre quem ABRE caminho a outros e havendo tão bons ou melhores não retira o que é e foi – como foi Eusébio -quanto ao “resto” ele não se formou na “lusófona” mas sim na vida difícil e ao saltar para cima com o seu valor e sem grandes treinadores arrastou outros a querer mais do que até ali pois que alguém tem de dar estímulo a alguém e ele “acordou” o futebol apesar dos cagões do Manchester se julgarem o suprasumo – dizer mal de ronaldo é de mente pequena – ficará e já está na hitória do futebol mundial – nem o Mardona é agora o que foi – apenas foi – e vendo bem até deu “nome” e notoriedade aos treinadores portugueses que se calhar sem ele passariam despercebidos porque este país, até arqtºs e investigadores têm de sair deste país merdoso governado por merdosos e invejosos têm de ir “fora” cambridge ou riverside para serm considerados – a má lingua portugusa só deita abaixo os que são melhores no que fazem – nam que seja a inventar o aparelhómetro para passar nas autoestradas – adoro portuguses em geral mas também são merdosos – camisa lada no vizinho é uma xatice – como continua a ser com este governo merdoso – é fado

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.