Um ano de Governo

Em Outubro escrevi sobre um receio: a possibilidade do doente morrer da cura.

Agora que passou o primeiro ano de Governo, repito o receio. O caminho para a desejada recuperação da nossa economia só pode, na minha opinião e de forma simplista, passar por um verdadeiro “choque fiscal”: descida para metade do IRC, descida do IVA (com apenas duas taxas de 5% e 15% respectivamente), fim da dupla tributação no imposto automóvel. Num prazo de dois anos, a implementação de uma verdadeira harmonização fiscal em toda a UE.

Além disso, renegociação total das parcerias público-privadas (e publicitação integral do conteúdo dos contratos existentes); continuar as reformas já iniciadas e finalizar, rapidamente, as privatizações em carteira. Sobretudo nos transportes (TAP, CP, STCP, Metro, Carris, etc). Indústria, Turismo e Formação Profissional devem ser as principais apostas da revisão do QREN e na negociação do próximo quadro comunitário – acautelando, na revisão, as expectativas jurídicas em face dos contratos existentes.

Só assim se pode salvar o doente sem o matar com a cura.

Comments


  1. Também acredita no apocalipse maia?
    É tudo culpa do Eça.

  2. maria celeste ramos says:

    Fernando Moreira de Sá – como assim privatizar o país inteiro ?? quem foi o rei de Portgal que disse que “meu pai deixou-me rei das estradas de Portugal”
    Desde quando privatizar o esqueleto da economia lhe dá garantia do que quer que seja ??
    E depois para os que compram vender aos xineses e a angola e os incapazes do Brasil ???
    Que país conhece você da europa assim nessas condições ??? Coitada da Marget Tatcher e nós nem sequer somos “ingleses” (graças a Deus) – nem me interessa esta pergunta – basta conhecer o “país”
    Esqueceu-se de “privatizar o que falta da CGD” e pagar melhor à eis ministra da justiça Cardona caladinha que nem um rato +++ etc – para termos o BPN mais assanhado – quantos habitantes tem o país – só os membros PSD e seus votantes ?? e os jpsd?? – e tanto me faz que o PS tenha tido a terrível deriva que teve mas haverá alguma vez deriva no PSD para servir o país ?’ até a alemanha tem golden shares e serviços estatais – se calhar só digo asneiras – não sei – ou então percebi tudo ao contrário do que escreveu – creio que você “brincava” e não dei por isso – é natural – já tenho poucos com quem dialogar estes temas – ninguem que conhço quer saber

  3. palavrossavrvs says:

    Foi um ano de aprendizagem, discursa o Governo. Estou para ver se realmente aprenderam que nem sempre se pode dar ouvidos ao flop histórico sucessivo chamado FMI, que é, mais ou menos, uma espécie de Vítor Constâncio em gigante.


  4. Todas aquelas medidas neste post resultariam…se declarássemos bancarrota e negociássemos um default. Sem isso, as medidas enunciadas são totalmente contraproducentes.

Deixar uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.