Da série ai aguenta, aguenta (14)

“Portugueses vão ficar no limite dos recursos até para consumir o mínimo” (Ana Isabel Trigo de Morais, directora-geral da Associação Portuguesa das Empresas de Distribuição)

Comments

  1. António Fundo says:

    É inevitável, visto que domina por cá uma lógica do nivelar por baixo associada à recusa intransigente de se cortar na despesa pública.

  2. maria celeste ramos says:

    Recusa de cortar na despesa pública mas qual delas qual parte – só na parte que me cabe ai cortou cortou – cortou desde 1995 – e cortou bem – mais de 44% – desde novembro 1995 – já rapam o tacho

  3. maria celeste ramos says:

    Mesmo sem dizer nada este senhor tem uma boca sinistra

  4. eyelash says:

    Têm a certeza que a senhora é aquilo que diz ser!
    Quanto às grandes superfícies estou cheio de pena… tenho pena é do produtor que continua a ver as suas margens diminuírem para que os lucros continuem nos níveis habituais.

    • João Pereira says:

      Nas grandes superfícies também trabalham pessoas que tem de pagar as contas no final do mês.

Deixar uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.