E aquela coisa chamada garantia?

Obras feitas à pressa para ganhar a eleição, com a marca da grandiloquência socrática e mesmo a jeito para tomarem o lugar do plano furado de 2005 das duas grandes obras (aeroporto + TVG). Vai uma aposta que 2014 nos trará outras obras também?

Comments

  1. João Paz says:

    E para isso não haverá o discurso de que “não há dinheiro”.
    A demagogia e o oportunismo de PS, PSD e seus patrões da estranja não conhece limites.

Trackbacks

  1. […] há dias apostava que a obra eleitoral havia de aparecer em 2014 e aí está ela. Que nem perfeitos […]

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.