Banqueiro e burlão?

Só pode ser engano.

As novas regras de despejo nos bairros do Porto

Há dias soube-se que a Câmara Municipal do Porto havia dado ordem de despejo a duas idosas por não terem respondido a um inquérito realizado pela autarquia, e apesar de terem as rendas em dia. Quando li a notícia sabia muito pouco (agora sei apenas um pouco mais) sobre as regras impostas aos inquilinos dos bairros camarários do Porto e nem imaginava que tinha entrado em vigor recentemente um  “Regulamento de Gestão do Parque Habitacional do Município do Porto”, documento para  qual teria o maior gosto em remeter-vos através de hiperligação, mas que parece não estar disponível online.  O cumprimento deste regulamento cabe à DomusSocial – Empresa de Habitação e Manutenção do Município do Porto, E.E.M., mas lamentavelmente não consegui encontrá-lo no site desta entidade.

Estou agora em condições de assumir que a minha desconfiança acerca da veracidade da notícia não foi, afinal, mais do que uma manifestação de ignorância acerca da política de arrendamento da habitação camarária da cidade onde vivo. A notícia estava correcta e, pior do que isso, a medida era legal, porque o Regulamento que citei anteriormente permite que o morador numa casa camarária seja despejado por não ter respondido a um inquérito no qual se pretende saber, entre outros dados, quais os rendimentos auferidos pelo agregado familiar para efeitos de actualização da renda. Se o inquilino for analfabeto, iliterato, etc,  se a sua idade, ausência de habilitações literárias, etc, o impedirem de responder ao inquérito, poderá bem ver-se despejado, como essas duas senhoras, ainda que conserve em seu poder todos os recibos de renda.

Em busca de informação sobre este despejo, descobri que, em Dezembro passado, a um ano das eleições autárquicas, a coligação PSD/CDS aprovou o citado Regulamento, que veio introduzir uma série de justificações legais para o despejo um inquilino de um bairro social, na cidade do Porto.  [Read more…]

Défice comercial e défice das condições de vida

O Banco de Portugal já tinha revisto em baixa, para – 1,9%, a evolução do PIB para 2013, no ‘Boletim Económico’ de 15 de Janeiro:

banco de portugal_boletim económico_15_01_2013

Segundo dados do INE, publicados aqui e também divulgados pela comunicação social,  no último trimestre de 2012 e em relação ao período homólogo de 2011, as exportações subiram 1% e as importações registaram uma redução de 3%.

De resto, e tomando como base a comparação de períodos anuais (2012 v 2011), sabe-se que as exportações subiram, de facto, 5,8%, contra uma quebra das importações de 5,4% – calcula-se que tivemos um défice comercial de 10.668 milhões na transacção de bens com o exterior.

[Read more…]

Não há dinheiro

Vendas da Porsche em Portugal subiram 25,5%

E Tu, Já Fantasiaste Suicidar-te?

Querer morrer às próprias mão pode, em muitos casos, ter dentro também qualquer coisa de misteriosamente vaidoso e imaturo, golpe dado na passiva a quem pelo menos algum amor e zelo nutriu por nós e não ficará indiferente ao como acabamos. Não podemos julgar. Só compreender.

Algures na minha pré-adolescência, entre os meus intensos e apaixonados treinos de Ginástica Desportiva e de Karaté-Do, ficava-me um vazio social, uma anómala solidão: na escola e nos treinos separava-me deliberadamente dos meus colegas. Ficava metido comigo mesmo, convencido da excelência dos meus desempenhos, zelando pelo imaculado perfeccionismo da minha entrega física, para não falar no facto de a minha linguagem nada ter de chula como a da maior parte deles, no meu intolerante juízo. Não podia permitir que me contaminassem de prosaico e baixas expectativas. Tinha o exclusivo dos duplos mortais. Com dez, onze, doze anos, vivia na ilusão de atingir a perfeição moral e atlética através de uma feroz auto-disciplina. [Read more…]

Na cara de Papandreou

E do Seguro, e etc. etc.

[youtube http://youtu.be/0ZicxS57B3o]

Quantos são?

ImagemO Campeonato Nacional de Hóquei de Sala, que conheceu, no passado fim-de-semana, a fase final relativa à época 2012/2013, contou, nestas jornadas decisivas da prova, com a presença dos clubes que monopolizaram os títulos de campeão desde 1993/1994.

De facto, a Associação Académica de Espinho, vice-campeã em Valongo, venceu de 1993/94 a 1995/96, de 1998/99 a 2002/03, e em 2006/07; O Sport Clube do Porto, que repetiu o 5.º lugar da época passada, foi campeão nas épocas 1996/97 e 1997/98.

Falta a Associação Desportiva de Lousada, que é o primeiro hexacampeão da modalidade, lugar que não divide com ninguém desde 2007/08, depois de já ter vencido de 2003/04 a 2005/06. [Read more…]

Papa resigna

O Papa Bento XVI vai resignar, avança a agência italiana Ansa.
Notícia na Rádio Vaticano.