Desta vez a culpa não é do Relvas

Foi do Luís M. Jorge.

Deixar uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.