Comentários e imbecis

A título meramente pessoal fica o aviso: o próximo cabrão de merda que utilizar uma caixa de comentários minha para fazer queixinha de quem legitimamente lhe apagou as cagadelas anteriores, passa para a minha lista de trolls.

Quem não quer ler tem muito blogue à escolha com inteira liberdade de comentar (é um respeitável modo de estar na net como qualquer outro).

Eu sei que é Verão e há pouco para fazer e etc.  Vão ao chafariz mais próximo, molhem a cabeça, bebam um tinto, façam o pino, pinoquem se estiverem com quem. Os meus amigos, por mais que discorde deles, no meu espaço não são insultados.

Até porque hoje é dia internacional da amizade.

Water On head

 

 

Comments

  1. Finalmente um pouco de “ordem na casa”…, já merecia. Obrigado João…

  2. Anónimo says:

    Concordo com a sua postura. Na versão online do jornal Público, Diário Económico, Expresso, Jornal de Negócios, Visão e alguns mais a maioria dos comentários são feitos por trolls que deturpam a noticia de acordo com a sua visão distorcida da realidade. Uma das características mais comuns dos trolls nestes jornais nomeadamente o Público e o Económico é o fato de a noticia não ser relevante para o seu comentário, sendo que inevitavelmente acabam por ofender os comentadores e escrever sobre tudo menos a notícia impedindo a discussão dos assuntos.

  3. DEUS says:

    Concordo completamente, já chega desta milícia bloguista laranja paga a peso d’ouro. Ainda p’ra mais estamos quase em Agosto, tenham calma, que p’ra meados de Setembro o Paulinho e o Pedrinho vão de vela.

  4. A internet está cheia de trolls e de vampiros . Já assim o é desde o tempo do Gopher e Newsgroups.
    Agora é até remunerado. E até um emprego. Uma start-up de cretinos

  5. piritosauro says:

    Virilhas colaborando com parêntesis ou cedilhas
    são autênticas (e sem hálito!) maravilhas.
    Quando muito alguns pingos nos refegos,nas braguilhas,
    amoniacal bafo que suporta sem dor
    aquele que está ao rés de tal teor.

  6. Apoiado. Anda pr’aí muito trollo a defecar no Aventar. Tape-se-lhes o bueiro, acho bem, mas entretanto era bom remover o poio que está ali em cima, que pivete!

  7. teste says:

    muito bem!
    os comentarios poderão mais ou menos obscenos, muito, pouco ou nada, mas a censura há-de o ser sempre e muito!
    pela sua acérrima defesa da mesma, os meus sinceros parabéns!

  8. lapis lazuli says:

    tempos houve em que ser de esquerda significava também preferir que mil criminosos fossem libertados do que condenar um inocente.
    agora, na terceira-via-humanista-esquerdista-moderna prefere-se dar carta branca aos nossos amigos facholas para apagarem todos os comentários que não lhes agradem e ainda se lhes bate nas costas a aprovar a tomada de posição.
    vossa excelência já se deu ao trabalho de ler o que o “seu amigo” andou a escrever ultimamente? e nas respostas a comentários? não leu insultos? não leu boatos não sustentados, falsas vitimizações extremamente ofensivas para quem sofre “mesmo” com esta crise e esta politica, mentiras descaradas na tentativa de atirar areia para os olhos das pessoas??? está no direito dele? pois também quem comenta…
    porque a censura nunca acaba para quem dela é vitima. ela torna-se uma ferida na imaginação para o individuo que se viu confrontado com ela. para o individuo e para a sociedade, digo eu.

    • Fascistas como tu nao merecem resposta.

      • lapis lazuli says:

        e no entanto tu deste-a, numa espécie de reconhecimento inconsciente de que eu tenho razão.
        depois ainda meteste a do fascista só para provocar e para te sentires bem contigo, mucho macho (aliás, até te desafio a demonstrar o “fascismo” naquele meu comentário. se por acaso estiveres mesmo praí virado), mas eu prefiro responder-te assim: o teu amigo já me teria censurado aquele comentário.

      • Não passas de um fascista de merda, com o crânio acéfalo de um estalineco cornudo, ó idiota.

        • teste says:

          isso é o melhor que o JJC consegue?
          começo a perceber porque é que é contra os insultos nas caixas de comentários…

  9. DEUS says:

    Caro lapis lazuli, não gaste o seu português com gente de extrema-direita, uns disfarçados de esquerda e outros de centro-direita. Já dizia o outro, diz-me com quem andas e dir-te-ei quem és.
    Férias de Verão para esta gente é brincar aos pobrezinhos como a Cristina BES.

  10. Dora says:

    “Quem não quer ler tem muito blogue à escolha …”

    Tenho lido muitas vezes esta ideia.

    Confesso que não faz qualquer sentido se se gosta do contraditório e de argumentar.

    Bem sei que, muitas vezes, já nem argumentação existe, pois as mesmas ideias repetem-se ad nausea. Mesmo assim, de vez em quando, apetece entrar no surreal e no esquizofrénico. Caso contrário, ainda acabávamos a pensar que somos todos doidos varridos sem melhoras.

  11. Dora says:

    Tudo bem.

    Deixe-me só alertar para o trolismo boomerang.

    • Sou assim: amor com amor pago.

      • Dora says:

        Tenho também lido muito esta frase pela blogosfera.

        Tem variantes – “não gosto de dar a outra face”, “quem não sente, não é filho de boa gente”….

        Quando se publica num espaço aberto para se ser lido, tem de se estar preparado para as mais variadas reações, especialmente se o que se lê nos posts é desonesto e provocatório.

        Pode ser aborrecido e ser demais. Mas há maneiras de se contornar a coisa, se a tanto ajudar o engenho e a arte.

        O eufemístico “spam” e “moderação de comentários” trás de volta aquilo que nunca saiu da mente de muitos – a admirável leveza da censura.

  12. Lista de trolls mais ou menos arrumada, é fantástico o que se descobre: 143 comentários da mesma alma que muda de nome 2 ou 3 vezes na mesma discussão para dar razão a si própria, por exemplo.
    A verdade é que o que mais me irrita está nesta canalhinha se dizer de esquerda. A mesma que arrasou a revolução soviética fazendo do socialismo um capitalismo de burocratas do partido transformados em nova burguesia. A mesma que tramou as lutas dos trabalhadores em 1975. A mesma que ainda não aprendeu que a liberdade é um valor de esquerda, a sua primeira e última luta.
    Sem limparmos este esterco não vamos a lado nenhum.

  13. Amigo João José Cardoso

    Pode ter toda a razão , mas não deve falar nos termos que
    dirigiu a não sei quem .

    Não se pode falar em fascismo quando utilizamos os mesmos
    métodos ditatoriais , discriminatórios e ofensivos pela parte
    do ou de um dos responsáveis deste blog .

    Creio que faz comentários formidáveis , mas até eu já tive
    razões de queixa das suas atitudes ao barrar comentários
    meus sobre a Banca , quando você é também um acérrimo
    crítico dos Bancos . Até parece contraditório ..

    Oxalá que você , nem ninguém tenha sofrido como eu com
    essa gente , que só posso apelidar de criminosos , inclusivé
    os empregados bancários .

    Um dia despejo tudo cá para fora .

    Acho o AVENTAR um blog fantástico , com excelentes pes-
    soas , cuja boa e continuada manutênção deve preservar .

    Mais uma vez venho dizer , o que sempre disse , a Banca
    é o negócio mais sujo do mundo .

    Achei formidável o video sobre os podres do BANIF ,
    Banco que me intrujou no financiamento de um arma-
    zém , que serviu de Sede do PSD durante muitos anos ,
    sem nada me pagarem , na Sobreda , Almada , talvez
    o maior núcleo de apoio ao Cavaco , que o Engº
    Couto dos Santois , conhece bem , como a mim próprio .

    Ainda estou em Tribunal com O BANIF há mais de 12
    anos e ninguém sonha as manipulações que tem
    havido , mesmo ao nível e por parte do Tribunal
    .
    O mal é cair-se em desgraça .

    Mais comentários para quê ?!

    Estive uns tempos sem aparecer porque me cortaram a NET.
    e quem vive com enormes dificuldades como eu , por causa
    do Cavaco , do PSD e da Banca , que pode fazer ?
    Sujeitar-se a melhor fortuna . .

    Felicidades .

Trackbacks

  1. […] Esquecem que nesta casa não é a divergência nem a oposição de pontos de vista que impedem a Amizade Incondicional, a Admiração Recíproca e uma defesa leal dos companheiros aventadores entre […]

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.