Charlie Hebdo, o pdf

4554744_6_315c_la-une-de-charlie-hebdo-a-paraitre_d73c9388c981f7d63f82aaf5ae3822a9Eu também comprava um, se tivesse onde.  E comprarei, se encontrar. Para o povo que lê línguas de deus, como diria um romano, e não ficou viciado em línguas bárbaras, como diria o mesmo romano, há a outra parte, ler mesmo o nº 1178 do Charlie Hebdo (como tenho constatado nos últimos dias ver só os bnécos não dá, estou farto de fazer traduções de bd), o número que saiu hoje.

Podem descarregar o pdf: Charlie Hebdo #1178. É grátis (sim, gamei), mas expressamente desaconselhável em primeiro lugar a quem não for mesmo Charlie e em último a outro fundamentalista qualquer.

Adenda: sugere um leitor, e muito bem, que podemos fazer um donativo a partir da página do Charlie Hebdo.

Comments

  1. AntónioF says:

    Também eu «comprarei, se encontrar» da mesma mesma forma que comprei «Os versiculos satanicos»…

  2. José Pinto says:

    Se 60000 caricaturas chateiam muitos islâmicos, 3 milhões chateiam muito mais! “línguas de deus” “línguas bárbaras” estamos xenófobos? Os extremistas têm tendência a arrastar toda a gente para o seu nível. Depois vencem por experiência. Cuidado com isso. Boa leitura!


  3. sexta-feira chega a Portugal mas não em português.


  4. esquecia

    Obrigado !

  5. Nightwish says:

    Não é uma língua que conheça muito bem, mas do que percebi… apoio.


  6. há mais de 40 anos o Hara Kiri, antepassado do Charlie Hebdo, feito pela mesma equipa, lançou o slogan :
    “se tens dinheiro, compra Hara Kiri, se não tens dinheiro, rouba-o” 😉

    O que não impede que devemos comprar se pudermos para ajudar aquela malta.

  7. Talvez says:

    os charlies nunca irão desaparecer. aliás os charlies não têm nada a ver com isto. o que eu vejo é as vassouras todas alinhadas – é só esperar que as mafarricas comecem a aparecer.


  8. Muitíssimo obrigado!
    Não tinha forma de comprar, e com a vossa licença, divulgarei.


  9. Obrigada João José Cardoso!
    Para aqueles que dizem que “compram se conseguirem arranjar” sugiro que façam um donativo de valor igual ao preço de capa e efetivem as intenções (o site do Charlie Hebdo -http://www.charliehebdo.fr/index.html – apela aos donativos).

  10. Maquiavel says:

    Merci bien, mos amis Aventariens!
    #EuSouAventar

  11. Logan says:

    Em alternativa façam como eu e subscrevam o Charlie. São 116€ por 52 números e se subscreverem antes do próximo número (quarta-feira) ainda vão a tempo de receber o famoso 1178. Pode parecer caro mas é mais barato do que se anda a pedir no Ebay só pelo último número. E se só quiserem mesmo o 1178, guardem-no e vão vendendo os outros 51 a preços absurdos porque a procura não vai diminuir. Ganha o Charlie e, se quiserem, ganham vocês.


  12. Bom dia João, obrigada por disponibilizar o PDF.
    Eu estou a viver no sul de França e não foi fácil comprar o CH. Penso, no entanto, que chegará a toda a gente que o quiser comprar já que durante 2 semanas chegarão mais exemplares aos quiosques.
    Um bom domingo

Trackbacks


  1. […] Adenda: as 16 páginas aqui. (via Aventar) […]


  2. […] edição PDF —–> no blog avatar <—–> aqui […]


  3. […] sob pena de nos ser vedada a entrada no seu território). Ninguém é obrigado a comprar o “Charlie Hebdo” ou a ver blocos de notícias. Há o poder de escolha. Já a escolha da Sky News aproxima-se de […]


  4. […] Se ainda não receberam, acho que pelo menos no Aventar está disponível. […]

Deixar uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.